PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Águas Lindas vai ganhar novo sistema de abastecimento d’água

Da redação 

Saneago está modernizando a rede que vai ser alimentada pela Barragem do Descoberto
 Em virtude das informações de   qual seria as causas dos cortes no fornecimento do líquido. De acordo com a empresa, o sistema está sendo modernizado, pois o atual já não suporta mais o aumento na demanda e toda a rede recebe novas bombas elétricas com capacidade superior às que anda operam no sistema anterior. Os recursos passam dos  R$ 134 milhões.

constantes oscilações no abastecimento d’água em bairros de Águas Lindas, como exemplo as recentes reclamações ocorridas no Santa Lúcia, a reportagem do JAL procurou o Consórcio para saber
 Novas adutoras são construídas através do Consórcio Saneago. Os poços artesianos que abastecem a cidade serão extintos em sua maioria e a água do Lago do Descoberto vai ser tratada na ETA Águas Lindas e distribuída para população local.

 O gerente da instituição no município, Davi Filho disse que na área do bairro Santa Lúcia a bomba que ali funcionava queimou “tendo de ser substituída, porém, em face às quedas freqüentes  da energia elétrica que  tem comprometido também o funcionamento normal das bombas, houve problemas, mas a situação foi sanada em definitivo”, explicou.

 Davi explicou ainda que um novo quadro de comando foi instalado  o  que demandou mais tempo na substituição daqueles equipamentos “porém após estes trabalhos o Santa Lúcia não sofrerá mais a falta de água”, garantiu Davi.  O Diretor destacou que a Saneago está construindo, além de adutoras,  três reservatórios que irá armazenar águas dos poços com melhor qualidade da água, enquanto que, cerca de  80% dos poços restantes serão desativados. Os reservatórios vão beneficiar principalmente os setores I e II e  os Setores VIII ao setor XII.

NOVO ABASTECIMENTO

O projeto hidráulico da Estação de Tratamento de Água de Águas Lindas de Goiás, terá processo de ciclo completo (“convencional”). Em 1º etapa deverá ser constituída por dois módulos de tratamento com capacidade de 375 L/s cada, totalizando a capacidade de tratamento de 750 L/s.

Em síntese, a ETA de Águas Lindas deverá ser composta por: casa de controle, com dois pavimentos, Calha Parshall, Módulos de tratamento com capacidade de até 430 L/s cada unidade de dosagem e armazenamento de produtos químicos, tanque de contato, unidade de tratamento de Iodo, elevatória de lavagem dos filtros, dois reservatórios apoiados com capacidade de 2.000 m³ cada; um reservatório elevado com capacidade de 160 m³, elevatório de água tratada com 350cv de potência. A ETA já se encontra em avançada fase de construção.

Foto 1 - Gerente apresenta as novas bombas que estão sendo instaladas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas