PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Em Águas Lindas, GENARC prende traficante e recaptura foragido




Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Thiago Floresta, Cristina e o filho adolescente / Fotos: Polícia Civil
traficante-presoPoliciais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Águas Lindas de Goiás, prenderam, no dia 7 de agosto, Paula Cristina Berti, suspeita de ser traficante de drogas e induzir o filho menor na prática do crime. Na mesma ocasião, foi preso Thiago Augusto Lopes Floresta, foragido da Justiça do Distrito Federal.
Segundo o delegado Pablo Batista, as prisões ocorreram após informações de que uma mulher conhecida como Cristina estaria praticando tráfico de drogas e, para tanto, utilizando seu filho menor de idade para comercializar o entorpecente. Além disso, havia suspeita de que a mulher abrigava em sua casa um foragido da Justiça.
Diante das informações, os policiais do GENARC, acompanhados do delegado regional Fernando Gama, se dirigiram até a residência, no Jardim América II, em Águas Lindas. Ao chegarem, encontraram um indivíduo deixando a residência, que se identificou como “Floresta” e permitiu a entrada dos agentes na residência.
No local, a polícia identificou Paula Cristina, os dois filhos, de 15 e 9 anos de idade, e o marido. Além disso, encontrou nove porções de cocaína, dois tabletes de maconha, três pequenas porções de maconha, uma balança de precisão, celulares e dinheiro. No quintal do imóvel, duas pequenas mudas de “maconha” foram encontradas plantadas em um vaso.
Paula Cristina tentou esconder os tabletes de maconha no sofá em que estava sentada, mas acabou sendo flagrada por um dos agentes do GENARC. Já o indivíduo que se apresentou como “Floresta”, o qual não portava documentos, identificou-se como sendo Diego Augusto Lopes Floresta.
Diante das suspeitas de que Floresta estaria ocultando sua verdadeira identidade, agentes do GENARC realizaram pesquisas e contato com policiais civis do Distrito Federal, e descobriram que seu verdadeiro nome era Thiago Augusto Lopes Floresta, foragido de um presídio do Distrito Federal. Contra ele, haviam dois mandados de prisão em aberto, por roubo e corrupção de menores.
Paula Cristina foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas e corrupção de menores. Em desfavor de seu filho adolescente foi lavrado um Boletim de Ocorrência Circunstanciado. O delegado Pablo Batista parabenizou os policiais civis envolvidos na ação e agradece o apoio prestado pelo delegado regional, Fernando Gama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas