PLANTÃO DE NOTÍCIAS

OPERÁRIO MORRE EM OBRA NA GO-020


Da redação/AGETOP

Após quase 12 horas preso às ferragens, somente por volta das 20h40 de ontem, os bombeiros conseguiram resgatar o corpo do operário Izaías do Espírito Santo, de 41 anos, morto na manhã de ontem após um acidente com dois guindastes na construção de uma ponte de 140 metros sobre o Rio Meia Ponte, na GO-020, entre Goiânia e Bela Vista. O acidente também deixou dois feridos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, as máquinas faziam a instalação de uma das 45 vigas de concreto, com 35 toneladas, que estavam sendo colocadas quando um dos guindastes perdeu a sustentação e tombou. Com isso, o outro também acabou caindo e ficou preso na borda da ponte.

“A cabine de um dos guindastes acabou sendo atingida pelo pilar de concreto e o operário morreu porque ficou prensado. O operador do outro guindaste e um auxiliar pularam e conseguiram escapar. Eles foram levados para o hospital com ferimentos, passaram por exames, mas não correm risco de morte”, detalha o coronel dos Bombeiros e comandante do batalhão da corporação em Senador Canedo, Roberto Sérgio Pugla.

Cerca de 40 bombeiros trabalharam na operação de resgate e, segundo o coronel Pugla, para retirar a vítima da cabine do guindaste, foram necessários mais dois equipamentos superiores em relação às que estavam no local. “Para estabilizar e suspender os guindastes, será preciso dois guindastes até três vezes maiores do que os que estavam na ponte”, relatou o coronel Roberto Sérgio Pugla.


Orçada em R$ 5 milhões, a construção da ponte faz parte das obras de 48 quilômetros de duplicação da pista ao valor de R$ 148 milhões no total e, devido ao acidente, ficará paralisada nos próximos dias. “Vamos fazer uma avaliação se houver algum dano na estrutura existente. Até amanhã (hoje), acho que vamos conseguir remover todas as vigas quebradas e as atingidas para fazer uma análise técnica. A ponte ficará paralisada enquanto todos os laudos não forem concluídos. Entretanto, o restante da obra continua normalmente”, afirma o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas