PLANTÃO DE NOTÍCIAS

2º turno no DF: eleitor terá que escolher entre Rollemberg e Frejat


2º turno no DF: eleitor terá que escolher entre Rollemberg e Frejat (Janine Moraes/CB/D.A Press/Daniel Ferreira/CB/D.A Press/Reprodução)


Corrida eleitoral no 2º turno para governador do DF promete ser acirradaO atual governo não conseguiu se reeleger. Com PT fora da disputa, PSB e PR buscam vitória

Publicação: 05/10/2014 

Rollemberg é o mais votado no primeiro turno (Janine Moraes/CB/D.A Press)
Rollemberg é o mais votado no primeiro turno


A eleição para governador do Distrito Federal será decidida no segundo turno, sem a presença de Agnelo Queiroz. O candidato Rodrigo Rollemberg (PSB) disputará o governo local com Jofran Frejat (PR). Rollemberg foi o mais votado com 45,23% (692.855 votos) e Jofran Frejat ficou em segundo, com 27,97% (428.522 votos).

O candidato mais votado do primeiro turno celebrou, neste domingo (5/10), a colocação conquistada nas urnas. Rollemberg ficou 18 pontos percentuais à frente do rival do segundo turno. Em discurso no comitê central da coligação PSB, PDT, PSD e Solidariedade, no Setor Comercial Sul, ele afirmou que as próximas três semanas serão de continuação da campanha realizada feito até o momento. 

"Continuaremos a conversar com a população com serenidade e profundidade. Tenho certeza que nosso programa de governo expressa o desejo de mudança da população", assegurou. Rollemberg ainda rejeitou ir em busca de apoio. Para ele, o voto de cada um foi importante e é com isso que ele vai contar. "Cada um é dono de seu voto. E nós vamos dialogar com todos", afirmou, antes de citar metáforas. "E mais gente vai se unir neste rio caudaloso, que vai se transformar num grande oceano de esperança", continuou.

Segundo colocado
Em discurso, Frejat celebrou a vitória sobre o PT e igualou Agnelo a Rollemberg. "Tenho experiência para governar esta cidade. O DF não precisa de mais uma aventura", disse em entrevista, depois que saiu o resultado, na Colônia Agrícola Samambaia. Frejat comemorou a segunda colocação no primeiro turno das eleições e a oficialização da disputa pelo Palácio do Buriti com Rollemberg.

Frejat era vice de José Roberto Arruda na chapa do PR, mas se tornou o candidato ao posto máximo do Executivo no DF após a impugnação do ex-governador (Daniel Ferreira/CB/D.A Press)
Frejat era vice de José Roberto Arruda na chapa do PR, mas se tornou o candidato ao posto máximo do Executivo no DF após a impugnação do ex-governador

Frejat, que era vice de José Roberto Arruda na chapa e se tornou o candidato ao posto máximo do Executivo no DF após a impugnação do ex-governador, classificou Rollemberg e Agnelo como "clones". "Demoramos apenas 20 dias para derrotar o Agnelo. Agora precisamos de outros 20 para derrotar o clone dele, que é o Rollemberg", discursou.

Confirmação das pesquisas
A maior expectativa antes das eleições era se Agnelo conseguiria passar Jofran Frejat para disputar o governo com Rollemberg. O atual governador ficou com apenas 20,07%. O candidato mais votado no primeiro turno liderava as pesquisas desde a saída de José Roberto Arruda da disputa. Luiz Pitiman ficou com 4,46% dos votos e Toninho do PSOL com 2,26%. A candidata Perci Marrara (PCO) não teve votos computados por causa de situação jurídica.

O segundo turno está marcado para daqui a exatas três semanas, em 26/10

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas