PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Descoberto Esquema de invasão de terras em Santo Antonio do Descoberto

Entorno do DF: Grupo entrega senha para "organizar" invasão
O LÍDER DO MOVIMENTO DIZ QUE A ÁREA SERÁ INVADIDA PORQUE NÃO ESTÁ SENDO UTILIZADA

Pessoas pegam senhas para serem cadastrados em invasão no Entorno do DF.
Uma nova invasão surgiu em Santo Antônio do Descoberto, região do Entorno do Distrito Federal, há cerca de duas semanas. O local fica perto do condomínio São Francisco, na DF-280, e já abriga cerca de 200 famílias. A equipe da PMDF (Polícia Militar do Distrito Federal) realiza ronda há cinco dias no local e conta que, por enquanto, ainda não houve confronto porque aguardam decisão do governo para iniciar qualquer ação...
A equipe da Rede Record Brasília conseguiu entrar na invasão e capturar imagens de bandeiras que mostram que o movimento é da Frente Nacional de Luta no Campo e Cidade. Além disso, é possível observar uma grande movimentação de carros e de pessoas logo na porteira do local. Ainda não há construções na área, apenas demarcações e estruturas de madeiras. Ao que tudo indica, o lugar já está sendo todo loteado.
Nesta segunda-feira (9), havia uma fila gigantesca de pessoas que tentavam conseguir uma senha para serem atendidas pelos líderes do movimento. Só depois do cadastro, essas pessoas saberão a área que poderão invadir.
O grupo é de dez pessoas, ai a gente pega a senha aqui e depois que eles vão passar as informações, declarou um dos invasores, que não quis se identificar.
Ainda segundo os próprios invasores, esta já é a segunda chamada para ocupação. O líder do movimento, Cláudio de Oliveira, diz que a área será invadida porque não está sendo utilizada.
  Essa terra, dizem que tem supostos donos, mas não tem dono. Estamos aqui desde a semana passada e não veio ninguém reclamar, a que apareceu a gente falou: mostra a documentação e não mostra.
Segundo Cláudio, o movimento tem uma reunião marcada na Terracap (Companhia Imobiliária de Brasília) para definir a situação da área. Já sobre o loteamento, ele diz que é competência do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), onde também haverá um encontro.
 São 1.748 hectares e já cadastramos mais de 5 mil famílias.
Vários invasores possuem carros que podem até ser considerados de luxo. Contudo, os organizadores alegam que, ainda assim, se a pessoa mora de aluguel, ela tem direito a um lote da área.
 Daqui a gente não sai mais, aqui o caldo pode engrossar. A terra é nossa. Já demos esse recado para as autoridades.
Mesmo sem água e luz, as famílias são mantidas organizadas dentro do acampamento. As instalações são precárias e a comida, feita por voluntários, é servida em baixo de uma lona montada no local.
Fonte: Portal R7 DF. Foto: Reprodução/TV Record Brasília -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas