PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Marconi disse vamos compensar a ausência do Simve com o banco de horas da Polícia Milita

da redação
Em entrevista coletiva, Marconi é questionado sobre a decisão do Supremo que pede o
afastamento do Simve das ruas. "Eu lamento muito, mas vamos buscar novas medidas para
continuar garantindo sempre mais homens nas ruas para melhorar a segurança da população
do nosso Estado. Estamos pensando em novas medidas, com criatividade e agilidade, mas a
primeira ação será pagar o banco de horas aos policiais que estiverem de folga. O que
era usado para pagar o Simve será usado para pagar o banco de horas do pessoal."11:22
O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, prestigiou, há pouco, a 156ª reunião ordinária do
Conselho Nacional de Política Fazendária – Confaz, junto com o governador Marconi
Perillo e autoridades fazendárias. Essa é a primeira reunião do Confaz em 2015 e um dos
assuntos em pauta é o debate sobre a reforma do ICMS. É a segunda vez que Goiânia sedia
a reunião. A primeira foi em julho de 2001.
A secretária da Fazenda do Governo de Goiás, Ana Carla Abrão, deu as boas vindas ao
ministro Joaquim Levy ao iniciar seu discurso. "É uma honra para Goiás sediar essa
reunião, em particular neste momento, que temos em pauta uma das agendas mais
importante para o desenvolvimento do país: a agenda tributária. Essa reunião do Confaz
não é realizada em Goiás por acaso. É aqui realizada pela representação que nosso
Estado tem", afirmou. "Nós em Goiás, ministro, somos favoráveis ao ajuste fiscal.
Discurso aqui com otimismo por acreditar que hoje podemos terminar com a histórica
guerra fiscal no Brasil. Temos a oportunidade de colocar o país novamente na trilha de
avanços, de crescimento", destacou.
Joaquim Levy declarou que a União vai encontrar um meio, dentro da realidade, para
poder dar uma segurança maior aos Estados. "A União não vai virar as costas", completa,
se referindo ao pedido da secretária Ana Carla sobre o fim da guerra fiscal. "É uma
honra estar em Goiás, essa terra de desenvolvimento. O grande segredo para uma boa
economia é uma boa administração e tenho certeza que o governador Marconi Perillo tem
feito isso aqui em Goiás", afirmou.
"Lutamos pelo crescimento igual, ou menos desigual, das unidades federativas. No
Brasil, não tivemos nas últimas décadas uma política que garantisse os avanços
regionais. Por isso adotamos em Goiás ações que garantissem os incentivos fiscais e,
consequentemente, o desenvolvimento. Faremos nossa parte para que o país chegue ao
final do ano com uma situação de mais equilíbrio. Reafirmo minha confiança no senhor,
ministro, e na sua equipe", afirmou Marconi.
Em entrevista coletiva, o governador foi questionado sobre a decisão do Supremo que
pede o afastamento do Simve das ruas. "Eu lamento muito, mas vamos buscar novas medidas
para continuar garantindo sempre mais homens nas ruas para melhorar a segurança da
população do nosso Estado. Estamos pensando em novas medidas, com criatividade e
agilidade, mas a primeira ação será pagar o banco de horas aos policiais que estiverem
de folga. O que era usado para pagar o Simve será usado para pagar o banco de horas do
pessoal." Sobre a realização de um novo concurso da PMGO, Marconi diz que "tudo será
avaliado" e não descarta essa possibilidade.
O governador retorna daqui a pouco ao Fórum Brasileiro da Indústria de Alimentos, do
LIDE, e convida o ministro Joaquim Levy, que aceita o convite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas