PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Moradores de Águas Bonitas I, em Águas Lindas, chegam a ficar até três dias sem água; Saneago/Caesb ainda não se manifestaram sobre o assunto







A equipe de reportagem do Jornal Águas Lindas (JAL) esteve hoje em algumas quadras do bairro Águas Bonitas I para constatar a realidade de moradores que convivem com a falta de água potável em suas residências. Conforme a reportagem pode constatar, alguns moradores já chegaram a ficar três dias sem água. Os moradores, em meio a necessidade do recurso, possuem reservatórios extras para suprir a demanda de serviços básicos como cozinhar e lavar louça.
Uma de nossas entrevistadas, a dona de casa Maria Abadia da Silva, que há 16 anos reside em casa que fica na quadra 43, no Águas Bonitas I, diz que sempre conviveu com falta de água. “Aqui nunca foi bom para água, sempre faltou. Agora até que melhorou um pouco, mas, mesmo assim, tem dias que não tem uma gota d’água na torneira”, diz. O vizinho da dona de casa, o proprietário de uma  lan house, Lourivan da Silva Araújo, 43, diz que não vivencia a falta de água em sua casa porque ele possui um caixa que serve como reservatório, inclusive com possibilidade de captar água de chuva. Porém o morador observa a qualidade de água. Segundo Lourivan, o sabor da água que ele e vários de seus vizinhos têm consumido “tem gosto de água estragada”. “A filha de uma vizinha chegou a passar mal e teve que ser levada ao hospital. O médico disse que poderia ser a água que ela bebia que estava causando danos a menina”, afirma. Lourivan chegou a cortar uma mangueira de sua residência para mostrar a quantidade de resíduo existente na água.
Mário Rodrigues da Costa, 36, há dez anos reside em uma casa no Águas Bonitas I. Ele conta que é necessário limpar de três em três meses, tanto as velas dos filtros de água quanto a caixa d’água da casa, devido à alta quantidade de resíduos na água. “Chego a retirar da caixa d’água, três baldes cheio de sujeira”, relata Mário.
Saneago/Caesb
A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) e a Saneamento de Goiás S.A. (Saneago) firmaram um consórcio em 2003 para “exploração econômica dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário” de Águas Lindas. Esse consórcio foi feito sobre contrato cuja validade é de 31 anos. Durante esse período, ou seja, até 2034, os responsáveis pela fornecimento e manutenção da água potável consumida no município será da Saneago e da Caesb.
A reportagem procurou a assessoria de comunicação do consórcio Saneago/Caesb, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos resposta.
(Da Redação – Texto: Marcos Antonio Padilha / Fotos: Lucas Rodrigues)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas