PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Para atacar Governo de Goiás, Caiado mente e distorce os fatos


Sucessivamente derrotado em suas tentativas de empurrar a Celg Distribuição para o abismo, o senador Ronaldo Caiado voltou hoje a apresentar argumentos falsos sobre o processo de desestatização da empresa na tentativa de confundir os goianos. O parlamentar apresentou uma conta sem pé nem cabeça para sustentar que a privatização da Celg D provocará um prejuízo de R$ 600 milhões ao Estado de Goiás.

Eis o raciocínio maluco de Caiado: "A análise de contrato firmado com a Caixa Econômica Federal em agosto do ano passado, mostra que o governo se compromete, em caso de venda das ações da CelgPar de forma conjunta com a Eletrobras, a quitar R$ 1,9 bilhão de dívida com o banco. Como o Conselho Nacional de Desestatização avaliou em R$ 2,8 bilhões a empresa, o Estado tinha expectativa de receber R$ 1,3 bilhão. Com o pagamento da dívida com a Caixa, amargará prejuízo de R$ 600 milhões”.

No vale-tudo contra o Governo de Goiás, Caiado opina sobre temas que não domina e mente, inventando dados para dar credibilidade para seus argumentos. A fama de entrão do senador já é conhecida em Brasília. O preço pela qual a Celg D foi avaliada, a partir do qual será desestatizada em leilão, é de R$ 5,3 bilhões. Esse é apenas o preço mínimo. Diversas empresas nacionais estrangeiras já manifestaram interesse em concorrer pela empresa, o que deve elevar o preço final para até R$ 8 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas