PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Presidente da CLDF lamenta tragédia em Mariana e anuncia doação de água potável

Presidente da CLDF lamenta tragédia em Mariana e anuncia doação de água potável

CLDF vai enviar seis carretas com aguá potável para os moradores da região afetada
A ruptura de barragem de contenção de rejeitos da mineradora Samarco no distrito de Bento Rodrigues, entre

Mariana e Ouro Preto (MG), no último dia 5, foi tema de pronunciamento da presidente da Câmara

Legislativa, Celina Leão (PDT), na sessão desta quarta (18). A deputada lamentou os danos causados pela

mineradora – que tem como acionistas a Vale e a BHP – e anunciou que a Casa irá custear o envio de seis

carretas de água potável para os moradores da região afetada.

A distrital comparou a repercussão no Brasil dos atos terroristas em Paris, na última sexta (13), e o desastre

ambiental em Mariana: "É um resquício do Brasil colônia: se aproximar mais do que acontece fora do que das

coisas que se passam aqui".

"A Samarco causou danos irreparáveis, é o maior desastre ambiental já ocorrido no País", disse a deputada da

tribuna do plenário. Ela criticou a multa aplicada à mineradora (de R$ 250 milhões), destacando estar o valor

muito aquém dos prejuízos causados à bacia do Rio Doce e a todo o Brasil. E questionou as prioridades da

agenda da presidenta Dilma: "Ela sobrevoou o local apenas uma semana depois do ocorrido, e até agora

nenhuma medida emergencial enérgica foi anunciada".

A deputada Luzia de Paula (Rede) parabenizou o discurso da colega e completou: "A ganância tem destruído

nosso planeta". Ela lembrou a aprovação ontem (17) de projeto de lei de sua autoria que trata da gestão de

águas subterrâneas no DF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas