PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Guerra de quadrilhas deixa quatro mortos e quatro feridos em Goiânia

Guerra de quadrilhas deixa quatro mortos e quatro feridos em Goiânia
Crimes aconteceram na tarde deste sábado na Vila Adélia e no Jardim Brasil
Acerto de contas, segundo a polícia, é a hipótese mais provável para dois crimes ocorridos em bairros distintos de Goiânia na tarde deste sábado. Nos confrontos, quatro jovens morreram e quatro foram baleados.
O primeiro caso foi registrado pouco depois do meio dia na Avenida Consolação na Vila Adélia, região que concentra várias lojas de auto peças para veículos.
Gabriel Rodrigues Gonçalves, de 18 ano, o “De Menor”, e Victor Hugo de Souza Amaro, de 14 anos, ambos com várias passagens pela polícia foram executados com tiros disparados por três homens que desceram de um veiculo Ford EcoSport branco e fugiram em seguida.
Os disparos atingiram também outros dois jovens que estavam pelo local mas que foram atendidos, ouvidos pela polícia e liberados.
Uma hora depois, na Rua X-12, Quadra 20, Lote 11, no Jardim Brasil, três jovens faziam um churrasco quando a casa foi invadida por pelo menos quatro homens. Relatos de vizinhos apontam que uma intensa troca de tiros, com mais de 40 disparos aconteceu em pouco mais de dois minutos. Kaique Romulo Pericles de Souza, de 19 anos, e Washington Vinícius de Paula Sousa, de 22 anos, morreram no local. Também baleado, um adolescente de 16 anos foi socorrido e encaminhado ao Hugo pelos Bombeiros, e não corre risco de morte.
No imóvel, a polícia encontrou alguns tijolos de maconha, dinheiro espalhado pelos quartos e uma pistola calibre 380. Pouco tempo depois do tiroteio, policiais militares localizaram, no Cais do Jardim Novo Mundo, David Soares de Souza, de 19 anos, que teria sido quem invadiu a casa junto com outros dois ou três comparsas e que também foi baleado. Ele foi transferido para o Hugo, onde passa por cirurgia, e também não corre risco de morte. Os comparsas de David teriam fugido em um importado Audi de cor prata.
Os casos são apurados pela Delegacia de Investigações de Homicídios. O fato de drogas, dinheiro e armas terem sido apreendidas na casa onde ocorreu o tiroteio no Jardim Brasil, e por terem os dois jovens mortos na Vila Adélia passagens por vários crimes, incluindo assassinatos, faz os policiais acreditarem que ambos os  casos foram cometidos durante um acerto de conta fonte Do Mais Goiás, em Goiânia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas