PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Seis pessoas foram mortas nas últimas 24 horas em Aparecida de Goiânia


Entre as vítimas está um vigilante de um posto de combustíveis. Crime aconteceu na noite desta sexta-feira
   A sexta-feira (11/12) e o início da manhã deste sábado (12/12) foram violentos em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana da Capital, com o saldo de seis pessoas mortas. O caso que mais chamou a atenção foi a morte do vigia de um posto de combustíveis, executado com dois tiros por um assaltante no Jardim Ipanema, crime que foi registrado pelas câmeras de segurança.

O primeiro assassinato foi registrado no final da manhã de sexta-feira, quando um homem ainda não identificado foi morto com um tiro na cabeça. Às 14h30, populares encontraram em um lote no Jardim Tropical perto dos motéis, o corpo de uma travesti - que também não portava documentação pessoal. Já no final da tarde, o adolescente João Vitor Navarro, de 17 anos, que segundo a polícia era usuário de drogas, foi executado com pelo menos três tiros.

Pouco antes das nove da noite, o vigia do Posto Karaka Ipiranga, Ernandes Barbosa dos Santos, de 39 anos foi morto com dois tiros na cabeça. Imagens do circuito de segurança do posto mostram quando um casal chega e o homem aponta a arma para o vigilante, que saca o revólver, mas imediatamente é atingido e cai já sem vida. O assaltante aproxima do corpo dele, pega o revólver e foge correndo a pé com a garota.

As imagens mostram ainda que um outro casal que estava bebendo no local também corre, entra em um carro que estava estacionado em frente e foge após os disparos. Como eles conversavam com o vigilante antes da chegada do assaltante, a polícia quer descobrir se eles tinham ido anteriormente para distrair a atenção da vítima ou se fugiram apenas porque se assustaram com o crime. Meia hora após o assassinato no posto, José Santana Lopes de Lima, de 40 anos, que tinha passagens por estupro e uso de drogas, foi morto a facadas no Jardim Nova Olinda. Já na manhã deste sábado (12/12) o motorista de uma casa de shows Rafael Belarmino Figueiredo foi morto a tiros no momento que passava de carro com três garotas de programa pelo Jardim Bela Vista. A suspeita é que ele tenha sido vítima de bala perdida.

Com exceção da morte do vigia do posto, que será investigada pelo 7º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, por tratar-se de latrocínio (roubo seguido de morte), os outros casos serão apurados pelo Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) daquela cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas