PLANTÃO DE NOTÍCIAS

OPERAÇÃO POLICARPO : TJGO condena quadrilha que atuava em Goianira


 As condenações estão relacionadas a crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo e associação criminosa. Todos ficarão presos em regime fechado

Da redação do JAL

Em decisão  divulgada neste último dia 19, quarta-feira pelo Tribunal de Justiça de Goiás – TJGO-,  a  juíza Eugênia Bizerra de Oliveira Araújo, da comarca de Goianira,anunciou a sentença  condenando  13 pessoas por crimes relacionados ao tráfico de drogas na cidade. O grupo era comandado por uma família, que originou o nome da operação Policarpo (sobrenome de muitos dos envolvidos)  deflagrada pela Polícia Civil.
A magistrada reconheceu a materialidade e autoria dos crimes, que restaram devidamente comprovadas por interceptação telefônica, pelos autos de prisão em fragrante e pelos depoimentos colhidos em juízo. O grupo é acusado de crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse irregular de arma de fogo e associação criminosa.

De acordo com inquérito policial entre os meses de junho e setembro de 2014, os condenados se associaram entre si com adolescentes, para a prática reiterada do crime de tráfico de drogas. A operação durou cerca de quatro meses e com eles foram aprendidos dinheiro, armas e drogas.

Coma a quadrilha foram apreendidas maconha, crack, insumos para o preparo de drogas (ácido bórico e cafeína), éter, pasta base de cocaína, balanças de precisão, uma prensa, além de uma forma e um liquidificador, impregnados de cocaína.


Veja a pena e os crimes imputados a cada um dos réus:

Aparecida Policarpo de Brito: condenada a 14 anos e 11 meses pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e posse irregular de armo de fogo.

Keila Lorraine Policarpo de Brito: condenada a 11 anos e 8 meses pelos crimes tráfico e associação ao tráfico.

Maycon Divino Policarpo de Brito: condenado 9 anos e 4 meses pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico.

Artur Simões: 10 anos e 6 meses pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico.

Giovan Edir da Silva: 16 anos e 7 meses pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e associação criminosa.

Jaqueline Silva Morais Rodrigues: 12 anos e 1 mês pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e associação criminosa.

Eduardo Gomes de Carvalho: 13 anos e 2 meses pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e associação criminosa.

Jhonatan Maycon Fernandes Sales: 11 anos e 4 meses pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico, associação criminosa e posse irregular de arma de fogo.

Diego Justino Campos: 10 anos e 6 meses pelos crimes de tráfico e associação ao tráfico.

Kennedy Barreto Silva: 10 anos e 4 meses pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e posse irregular de arma de fogo.

Joseilde Cláudia dos Santos: 12 anos e 8 meses pelos crimes de tráfico, associação ao tráfico e posse irregular de arma de fogo.

Islainy Kelly Policarpo de Souza: 4 anos e 8 meses por associação ao tráfico.

Isaías Carlos da Silva: 4 anos e 8 meses por associação ao tráfico.

Foto: divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas