PLANTÃO DE NOTÍCIAS

DECRETADA A FALÊNCIA DAS EMPRESAS DO GRUPO AMARAL

O Tribunal entendeu que estavam presentes os requisitos legais para a decretação da falência, pois restou demonstrado o estado de insolvência das empresas, e determinou que os credores apresentem os documentos que justificam os seus créditos, bem como determinou a lacração

dos estabelecimentos comerciais bloqueio de contas bancárias e veículos


Da redação do JAL

O TJDFT através da Vara de Falências, Recuperações Judiciais, Insolvência Civil e Litígios Empresariais do DF julgou procedente o pedido e decretou a falência das empresas Santo Antonio Transporte e Turismo Ltda, Rápido Girassol Transportes Ltda, Expresso Rota Federal Transportes Ltda, Santo Antonio de Veículos Ltda, Rápido Santo AntonioLtda, JatAerotaxiLtda, Viação Valmir Amaral Ltda, todas pertencentes ao Grupo Amaral

De acordo com TJDF a empresa Rápido Brasília Transportes e Turismo Ltda teve a falência decretada em razão de pedido da credora, Tatiane Neiva Teodoro, no processo nº 2014.01.1.114460-0, que tentou executar a empresa, mas conseguiu encontrar bens para serem penhorados.
As demais empresas mencionadas acima solicitaram pedido de autofalência, alegando que possuem responsabilidade solidária quanto às dívidas da falida Rápido Brasília Transportes e Turismo Ltda, o reconhecimento de confusão patrimonial entres as empresas do Grupo Amaral, que tinham como sócio administrador o Sr. Dalmo Josué do Amaral, e que o Administrador Judicial e o Ministério Publico já haviam solicitado a extensão da falência para as demais empresas do grupo.
O magistrado entendeu que estavam presentes os requisitos legais para a decretação da falência, pois restou demonstrado o estado de insolvência das empresas, e determinou que os credores apresentem os documentos que justificam os seus créditos, bem como determinou a lacração dos estabelecimentos comerciais, arrolamento dos bens que compõem os estabelecimentos, bloqueio de contas bancárias e veículos.

Das decisões ainda cabem recurso.
Processo: 2014.01.1.114460-0
Processo: 2016.01.1.025176-2
Processo: 2016.01.1.025165-8
Processo: 2016.01.1.025172-0
Processo: 2016.01.1.025173-8
Processo: 2016.01.1.025170-5
Processo: 2016.01.1.025166-6
Processo: 2016.01.1.025177-9

Fonte: TJDFT




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas