PLANTÃO DE NOTÍCIAS

PCDF prende em Águas Lindas autores de roubos e furtos no DF

A Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos da Polícia Civil do DF deflagrou a 1ª fase da Operação Ghost. Dois acusados presos em Águas Lindas irão responder por uso de documento falso, receptação, posse irregular de arma de fogo e porte de munição. Eles ainda foram indiciados pelos crimes de furto e roubos


Da redação do JAL

A Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos da Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou a na última quarta-feira (02) a1ª fase da Operação Ghost. A ação resultou na prisão de um casal, em Águas Lindas de Goiás e na apreensão de três veículos, duas armas de fogo, munições e inúmeros objetos produtos de crimes. Os criminosos são acusados de envolvimento em pelo menos 20 roubos e furtos a residências ocorridos nas áreas do Lago Sul e Park Way.
Segundo o chefe da DRF, delegado Fernando César Costa, a operação foi batizada de Ghost em razão de os criminosos praticarem os crimes utilizando roupas para esconder os rostos. “Eles entravam nas casas portando armas de fogo, com os rostos cobertos e, enquanto os moradores dormiam, aproveitavam para subtrair os bens”, conta o delegado.
Se acordo  a polícia as investigações começaram em outubro do ano passado, quando a dupla, portando armas de fogo, adentrou em duas residências, no Setor de Mansões Dom Bosco (Lago Sul), na mesma noite, e subtraiu diversos objetos. No dia 23 de fevereiro deste ano, eles teriam invadido uma residência no Park Way, onde subtraíram vários objetos e um veículo HB 20, pertencente à família. Esse veículo foi localizado posteriormente em Águas Lindas de Goiás, já com os sinais identificadores veiculares e documentos adulterados. No mesmo local, os policiais ainda apreenderam um Fiat/Siena, também produto de furto praticado pela dupla.
Na tarde de ontem (1º), em continuidade às diligências, os agentes da DRF realizaram a prisão em flagrante de P.L.O., 37 anos, e da companheira dele, K.S.A.A., 34, na Q. 33 do Jardim Santa Lúcia, em Águas Lindas de Goiás. Segundo as investigações, esse local era utilizado pela dupla para ocultar os objetos e veículos produtos dos crimes.
No endereço, foram apreendidos um veículo VW/Amarok (que estava em poder de P.L.O); uma pistola Glock, calibre 380; um revólver, calibre 38; várias munições; uma arma taser; um facão; um alicate; além de outros objetos furtados/roubados (óculos de sol, roupas, tênis, relógios, celulares, bijuterias, equipamentos eletrônicos, eletrodomésticos) subtraídos de pelo menos sete residências.
“As investigações continuam para identificar outros comparsas da dupla. Acreditamos que o número de ocorrências poderá subir de sete para pelo menos trinta”, destacou o chefe da DRF.
Os autuados irão responder por uso de documento falso, receptação, posse irregular de arma de fogo e porte de munição. Eles ainda foram indiciados pelos crimes de furto e roubos praticados.


Fonte: Divisão de Comunicação/DGPC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas