PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Pirâmide financeira: 11 são presos suspeitos de atuar em esquema



Agentes da Polícia Civil infiltrados na reunião chegaram a fazer filmagens da reunião. O líder do grupo e seu representante em Goiás continuam foragidos


Da redação do JAL

A Polícia Civil goiana  prendeu em flagrante, na quarta-feira (13), em Goiânia, onze pessoas suspeitas de atuar em um esquema conhecido como “pirâmide financeira”. Segundo as investigações, o grupo, apresentado à imprensa na quinta-feira (14), anunciava às vítimas a possibilidade de fazer investimento para melhorar a posição de seus sites em mecanismos de busca e dobrar esse valor em apenas 20 dias.
Segundo o delegado Manoel Borges, titular do 7º DP de Goiânia e responsável pelas investigações, os suspeitos – nove homens e duas mulheres – foram detidos em um hotel, próximo ao Terminal da Praça da Bíblia, durante uma reunião com mais de 200 pessoas. Um dos suspeitos alegou informalmente à polícia que teve um lucro de R$ 1,5 milhão em três meses.
De acordo com as investigações da polícia, o grupo montou uma empresa chamada Speed Dólar que era usada no golpe. As pessoas eram enganadas com a promessa de ganho com base em cliques feitos no site da vítima. Agentes da Polícia Civil infiltrados na reunião chegaram a fazer filmagens da reunião. O líder do grupo e seu representante em Goiás continuam foragidos.
O golpe fazia com as vítimas pensassem que, pagando uma taxa de adesão e um valor do plano, esses sites seriam mais vistos e, por isso, apareceriam em locais de maior destaque nos mecanismos de busca. O grupo deve ser indiciado por crime contra a economia popular, estelionato e associação criminosa. Se condenados, podem pegar uma pena de mais de dez anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas