PLANTÃO DE NOTÍCIAS

ÍNDICES DE CRIMINALIDADE CAEM EM GOIÁS



Da redação JAL

Taxa de homicídios reduz 13,53% no estado e furtos a veículos despencam 31,58% no período de outubro de 2015 a abril de 2016, revelam registros do Observatório de Segurança. Ações integradas das forças policiais e investimentos na área de inteligência têm impacto positivo

Ações integradas entre as forças de segurança de Goiás aliadas à política
de investimentos em inteligência policial e ao lançamento de programas estratégicos reduzem os índices de criminalidade em todas as regiões do estado. Registros divulgados pela Gerência do Observatório de Segurança da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP) demonstram que a taxa de homicídios em Goiás caiu 13,52% e a de furtos a veículos despencaram 31,58% no período de outubro de 2015 a abril de 2016. Furtos a comércio e a residências retraíram 28,88% e 7,1%, respectivamente.
 Três das quatro modalidades de roubos também recuaram: a prática de roubo em comércio retrocedeu 19,05%, o roubo de veículo teve queda de 12,08%, e o crime de roubo a transeunte ficou 1,96% menor. Entre as oito ocorrências reativas, sete apresentaram recuo neste intervalo de
tempo. Apenas os roubos a residência aumentaram em 13,88%, porém, no primeiro quadrimestre deste ano já demonstra tendência de estabilidade e queda.
 
QUEDAS EM COMPARAÇÃO ANUAL
Os dados do mês de abril divulgados pela Gerência do Observatório de Segurança demonstram que a taxa de homicídios em Goiás recuou 17,25% em abril de 2016 se comparada com igual período de 2015. Na capital, a redução chegou a 38,33% no mesmo critério de comparação. Furtos em comércios e em residências também apresentaram recuos significativos. As duas ocorrências caíram, respectivamente, em 21,12% e 8,21%.
Os números apontam também que, desde o início do ano, os homicídios dentro do Estado seguem em declínio. Em janeiro aconteceram 250 ocorrências.  Os meses seguintes apontaram queda no ritmo dessa natureza de ocorrência (fevereiro, 240; março, 224; e abril, 211). Essa modalidade de
crime demonstra consistência de queda sequencial. Em termos percentuais, a retração já acumula 15,60% nesses meses.
Goiânia (-38,33%), Anápolis (-38,89%) e Aparecida de Goiânia (-25%) influenciaram fortemente na redução dos homicídios de abril em relação ao mesmo mês do ano passado. Esses municípios participaram também da redução de outras modalidades pesquisadas: a capital diminuiu em 25% sua taxa de tentativa de homicídios. Em Anápolis, os roubos em residências caíram 41,18%, ao passo que os estupros recuaram 87,5% em Aparecida.
 CRIMES DE ALTA
PRIORIDADE TÊM RECUO
A Secretaria de Segurança Pública divulgou também levantamento que mostra a evolução
dos crimes considerados de alta prioridade. As ações táticas ostensivas da polícia têm obtido resultados históricos na redução dos homicídios. Nesse quesito, o gráfico da segurança mostra no estado uma descendente constante desde o mês de dezembro de 2015.
 As principais cidades goianas que foram foco das primeiras operações do programa
Tolerância Zero mantiveram a tendência de queda dos homicídios: Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Senador Canedo, Rio Verde, Formosa e Trindade, foram locais que acompanharam a queda.O gráfico que representa o interior apresentou oscilações nesses sete meses, porém com o detalhe de haver registrado grande queda no mês
passado.  Os números de abril apresentaram 23,80% de queda se comparados com os homicídios praticados em outubro do ano passado. Algumas cidades do Entorno do Distrito Federal não acompanharam a tendência mas, de acordo com informações da SSPAP, esses locais devem ser alvos de ações mais intensas das forças policiais nas próximas semanas.
As estatísticas mostram ainda que o crime de estupro está caindo na região metropolitana da capital e no interior. Na Grande Goiânia, eles recuaram 37,03% em abril ante o mês outubro e 41,37% em relação a dezembro do ano passado. No interior do estado, o mês de abril obteve o menor número de ocorrência dessa natureza desde novembro de 2015.  A queda em todo o estado ficou em 18,37% e 27,27% na mesma comparação anterior.

FURTOS EM COMÉRCIO DESPENCAM
Em todas as regiões do Estado, os furtos a comércio tiveram queda
significativa durante o período de outubro de 2015 a abril de 2016. O crime está em queda livre desde janeiro último quando aconteceram 710 casos. Desde então, esses furtos caíram mês a mês fechando o mês passado com o total de 463 ocorrências, ou recuo de 37,8%.
Nas regiões metropolitana da capital, entorno do DF e interior do estado, os furtos
a comércio recuaram seguidamente desde o início do ano. Pela ordem, ouve recuo de 45,69%, 18,81% e 27,2% nessas regiões.
Da mesma forma, os dados estaduais mostram a retração de furtos em residências. Desde dezembro de 2015, esse tipo de crime vem diminuindo sistematicamente. De 1.688 casos registrados na época, os registros caíram nos meses subsequentes:  janeiro (1.658), fevereiro (1.628), março (1.574) e abril (1.465).O histórico de furtos a transeuntes mantém a linearidade entre outubro do ano passado e abril deste ano, com taxa de queda 9,77% nas ocorrências registradas no período.
 O histórico da evolução dos crimes de furtos e roubos de veículos no estado, principalmente
na região metropolitana de Goiânia, mostra números animadores para quem é proprietário de veículos motorizados.
Essa espécie de furto obteve redução, na comparação entre janeiro e abril, em todas as estratificações por região. No geral, as quedas atingiram 37,77% nos furtos e 27,37% nos roubos de veículos, se comparado os meses de janeiro e abril deste ano.  Na região metropolitana, a queda chegou a 45,58% e 31,12%, utilizando-se os mesmos comparativos acima.
A redução dos crimes relacionados a veículos automotores na região do entorno registrou taxa negativa de 18% nas duas naturezas criminais. No interior do estado, os crimes sofreram redução de 36,13% e de 27,27%, respectivamente.
Comunicação Setorial
Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária
(SSPAP)
(62) 3201-1055, 3201-1004 fonte J.Bitemc

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas