PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Polícia prende patrão que atirou em funcionário que pediu demissão

Da redação JAL

Policiais militares prenderam um empresário, dono de uma pizzaria que confessou ter atirado em direção a um funcionário que pediu demissão três dias após ser contratado. O tiro não atingiu o trabalhador, a arma calibre .38 usada pelo comerciante foi apreendida.

O caso aconteceu na noite de quinta-feira (25/05), próximo a Santa Maria. Ao G1, o sargento David Lima afirmou que o funcionário pediu as contas porque “não aguentava mais trabalhar com o chefe”. “Ele nos disse que o patrão tinha temperamento forte e ele também. Por conta disso, não estavam conseguindo trabalhar juntos.”

A PM foi até o local depois de ouvir disparos durante a noite. O empresário assumiu que atirou, mas afirmou que só disparou nos pés do empregado para que ele se afastasse durante a discussão. “Ele disse que atirou porque ficou com medo”, relatou o sargento que participou da ocorrência. O dono da pizzaria entregou a arma, que estava escondida dentro de uma escrivaninha – carregada com seis balas.

“Para a gente que trabalha na área, esse tipo de tentativa de homicídio é algo comum. Mas confesso que é a primeira ocorrência que pego envolvendo briga entre funcionário e patrão”, comentou o policial militar.

O funcionário, de 22 anos, e o dono da pizzaria, de 33 anos, foram levados à delegacia de Valparaíso, no Entorno do DF porque o crime ocorreu próximo à divisa com Goiás. O comerciante foi autuado por ameaça, disparo e porte ilegal de arma.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas