PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Polícia Civil do DF prende comerciantes que receptaram carga de R$ 230 mil


Uma carga com 371 peças bovinas, avaliada em R$ 230 mil, roubada na noite no último sábado (25), na BR-153, foi recuperada pela Polícia Civil do Distrito Federal durante a quarta fase da Operação Tiburtina. 

A ação, deflagrada no domingo (26), pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) com o apoio da 27ª DP (Recanto das Emas), resultou na prisão em flagrante de dois homens, acusados de integrar uma organização criminosa. Duas armas de fogo e dois caminhões frigoríficos também foram apreendidos.

Tomada de assalto na altura do Posto da Matinha, em Goiás, a carreta com a carga foi subtraída e escondida no Recanto das Emas/DF. Nas proximidades, o veículo foi localizado pelos policiais civis em uma chácara, na região conhecida por Vale da Benção, já sem a carga subtraída. No mesmo local, foram presos A.T.L., 24 anos, e B.S.L., 19, sócio e filho do proprietário da rede Vila Beef, respectivamente.

Na abordagem policial, Breno foi flagrado portando uma pistola, sendo autuado por porte ilegal de arma de fogo. O proprietário da Vila Beef, C.S.L., 40, ainda não foi localizado e, de acordo com o chefe da DRF, delegado Fernando César Costa, ele também já está indiciado pelos crimes de receptação qualificada e associação criminosa.

Na chácara, os policiais ainda localizaram outra arma de fogo, em situação irregular, que foi devidamente apreendida. Os caminhões frigoríficos foram localizados e apreendidos nos estabelecimentos comerciais alvo das ações.

Durante as diligências, parte da carne (cerca de 2/3) que já havia sido distribuída pelo grupo criminoso foi apreendida em dois açougues da rede Vila Beef, localizados em Ceilândia Norte e Samambaia, e também no mercado Sagrada Família, no Novo Gama/GO, pertencente a J.A.P., vulgo "Doca", 44, ex-prefeito do município. Os assaltantes ainda estão sendo procurados pela Polícia Civil do DF.

De acordo com o delegado Fernando César, 20 pessoas, inclusive agentes públicos, integrantes de uma organização criminosa voltada para o roubo de cargas, foram presas nas quatro fases da operação. As investigações prosseguem no sentido de identificar outras pessoas ligadas ao grupo criminoso.

A Operação Tiburtina (referência a uma grande via construída no Império Romano no ano 200 A.C) faz parte de uma estratégia do Ministério da Justiça para combater o roubo de carga nas estradas do Brasil.

Informações: Polícia Civil
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas