PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Distrito Federal já tem quase 17 mil casos confirmados de dengue somente em 2016


233 ocorrências de dengue entre os dias 04 e 11 de julho, estes são os números registrados no Distrito Federal, de acordo com boletim divulgado pela Secretaria de Saúde nesta quarta-feira (13). De acordo com o relatório, o número chegou agora agora a 18.657 casos em 2016.

O relatório mostra que 16.484 casos foram confirmados em moradores do DF, além de 2.173 infecções em pessoas que moram em outras unidades da federação mas foram diagnosticadas na capital federal.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, as ocorrências da doença causada pelo mosquito Aedes aegypti aumentaram em 98,33%. Foram 9.407 casos, em 2015 contra 18.657 em 2016.

As regiões com maior número de contaminações foram Brazlândia, Ceilândia, São Sebastião, Planaltina, Samambaia e Taguatinga. Juntas, elas respondem por 57% das ocorrências. Brazlândia registrou 1.924 casos em seis meses, 10,32% do total.

De acordo com o boletim, 56% dos casos ocorreram na faixa etária entre 20 e 49 anos. Crianças menores de cinco anos concentram apenas 4% das ocorrências.

Em pouco mais de seis meses, foram confirmados 27 casos graves de dengue no DF, com 13 mortes e cinco paciente foram curados. Em comparação com o ano passado, o número de óbitos caiu 7%.

Zika e chikungunya

O relatório da Secretaria de Saúde também aponta que o DF teve 139 casos de febre chikungunya desde janeiro. A doença também é causada por um vírus transmitido pelo Aedes aegypti

Em comparação com o mesmo período do ano passado, as ocorrências da doença aumentaram 93%. Desse número, 131 são moradores do DF e 8 residentes em outros estados.

Ceilândia, com 18 casos, foi a região do DF com a maior contaminação pelo vírus. Gama, Samambaia e Taguatinga representam 28% das ocorrências de febre chikungunya.

Também transmitido pelo Aedes, o vírus da zika infectou 193 pessoas no DF em 2016. Dessas, 173 moravam na capital e outras 20 apenas passavam pela região. Não é possível fazer comparação com o ano anterior, já que não há registros do vírus da zika no DF no primeiro semestre de 2015.

As regiões de Taguatinga, Asa Norte, Águas Claras, Lago Norte e Asa Sul são as que apresentam o maior número de casos, com 44% das ocorrências da doença no DF. Entre dezembro de 2015 até 11 de julho desse ano, o DF teve 35 casos confirmados em grávidas, sendo 22 moradoras do DF e 13 de Mato Grosso e Goiás.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas