PLANTÃO DE NOTÍCIAS

PF ouve Juraci Tesoura de Ouro em ação contra grilagem em Vicente Pires, no DF


Operação da Polícia Federal cumpriu na sexta-feira (1º) 48 mandados de condução coercitiva – quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento – em Vicente Pires, no Distrito Federal. A PF investiga suposto esquema de grilagem de grandes proporções na região, com uso de empresas de fachada para esconder as verbas ilegais.
Segundo a apuração, o empresário Juraci Pessoa de Carvalho usava nomes de “laranjas” em sociedades falsas. A ideia era usar confecções e postos de gasolina, por exemplo, para esconder a origem irregular de verbas obtidas com o parcelamento de lotes, diz a PF. O advogado nega as acusações.
“Ele utilizava terceiros, justamente, para que não aparentasse que ele era o proprietário de todas essas empresas”, diz o delegado que comanda a apuração, João Thiago.
Segundo a denúncia do Ministério Público, Carvalho tem 29 empresas e usava parte delas para lavar o dinheiro do parcelamento de lotes.  “Eles estão respondendo por lavagem de dinheiro, oriundo de um crime contra a administração pública que é um parcelamento irregular de solo urbano”, diz o delegado.
Juraci, mais conhecido como “Juraci Tesoura de Ouro”,  foi candidato a deputado federal pelo PTB nas eleições de 2014, e obteve 13.600 votos. É muito ligado ao ex-senador Gim Argello que se encontra preso.


Fonte: Donny Silva/Com informações do G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas