PLANTÃO DE NOTÍCIAS

13 detentos beneficiados pelo saidão do Dia dos Pais não retornaram para penitenciária

(Foto: Divulgação / Agência Brasil)

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou que 13 dos 1.521 detentos liberados para passar o fim de semana do Dia dos Pais em casa não retornaram ao sistema penitenciário. Com isso, eles passam a ser considerados foragidos e serão alvo de inquérito disciplinar. Eles também ficam barrados no próximo "saidão" e estão sujeitos a regressão de regime – voltam do semiaberto ao regime fechado, por exemplo.

De acordo com a secretaria, a taxa de 99,15% de retorno é maior do que a registrada em 2015 (98,42%). Os presos foram autorizados a sair às 10h de sexta-feira (12), tendo de retornar às 10h de segunda-feira (15).

Para serem liberados, os prisioneiros não podem ter ocorrências nos últimos seis meses e devem ter sido beneficiados com o direito no mesmo período. Só têm direito ao benefício que cumprem pena em regime semiaberto e tenham sido beneficiados com autorização para saídas temporárias, fornecida pela secretaria.

Inicialmente, estava previsto que 1.497 presos teriam direito ao "saidão". Depois de recursos apresentados por advogados, o número de autorizações aumentou.

Enquanto estiverem fora da prisão, os condenados devem manter “boa conduta” – não podem circular na rua após as 18h, nem ingerir bebida alcoólica ou frequentar bares. Os agentes do sistema penitenciário podem fazer "visitas surpresa" às residências dos presos, para verificar se as determinações estão sendo cumpridas.

Com informações G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas