PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Manifestações pró-impeachment marcam o fim de semana em todo Brasil



Manifestantes foram à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na manhã deste domingo (31) para pedir o afastamento definitivo de Dilma Rousseff e prestar apoio à Operação Lava Jato. Parte dos participantes se concentrou no Museu da República, enquanto outro grupo foi para o Congresso Nacional.

Os primeiros manifestantes chegaram à Esplanada pouco antes das 10h. Segundo a Polícia Militar, 5 ml pessoas estiveram no local durante todo o ato. No auge, foram 4 mil participantes, diz a corporação. Os organizadores afirmam que foram 6 mil.

Não houve registro de ocorrências, segundo a Polícia Militar. Um manifestante que levava uma faixa onde se lia “democracia direta” chegou a discutiu rapidamente com um grupo que pedia intervenção militar. O bate-boca não teve consequência.

A maior parte dos participantes se vestiu com as cores da Bandeira Nacional ou usou uniformes das seleções brasileiras de diversas modalidades esportivas. Os manifestantes levaram faixas com frases como “Chega de mentiras – Fora Dilma”, “STF não vai melar a Lava Jato”, “Temos vergonha dos políticos do Brasil”, “Fora Zika Dilma”, “Fora PT”, “STF – puxadinho do PT”.

O protesto teve cinco caminhões de som. Ao microfone, os animadores disseram frases principalmente contra Dilma, o ex-presidente Lula e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski. Eles também manifestaram apoio ao juiz Sergio Moro.


O ato teve um “parabéns a você” cantado ao juiz Sergio Moro, que faz aniversário nesta segunda-feira (1º). Os manifestantes também fizeram uma passeata simbolizando o enterro do governo Dilma.

Nos trios elétricos, os animadores incentivam envio de e-mails aos senadores para pressionar pelo voto a favor do impeachment definitivo da presidente afastada.

Filha do jurista Hélio Bicudo, que assinou o pedido de impeachment, Maria Alice Bicudo leu uma carta entregue pelo pai em apoio às manifestações. O jurista informou que não poderá ir à manifestação em São Paulo, também prevista para este domingo, porque está em repouso por tratamento de saúde.

O ato terminou por volta das 13h, depois que os manifestantes cantaram o Hino Nacional. Um novo protesto foi anunciado para 21 de agosto, uma semana antes da data prevista para a votação final do impeachment de Dilma.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas