PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Motorista dos Correios é preso por aplicar golpes em bancos



Servidor concursado dos Correios, o motorista Silvando dos Santos Oliveira, de 29 anos, foi preso em flagrante suspeito de aplicar golpes em bancos em Goiânia. Segundo a polícia, em menos de três anos Silvando conseguiu um patrimônio de mais de R$ 800 mil, incluindo carros, eletroeletrônicos e um sobrado que está construindo no Parque Flamboyant.

De acordo com o delegado Isaías de Araújo Pinheiro, titular do 1º Distrito Policial de Goiânia, após escanear certidões de nascimento de diferentes cidades do interior, Silvando conseguia fazer identidades e CPFs em Goiânia. Posteriormente, ainda de acordo com a polícia, o motorista imprimia um contracheque falso, e então abria contas em bancos.

“Ele se passava por gerente de supermercado com renda mensal de R$ 5.441,29, e com este documento conseguia obter empréstimos e cartões de crédito. A partir daí ele comprava carros financiados, aparelhos eletrônicos, e quando estourava os limites do financiamento desaparecia e então trocava de nome. O que chama a atenção é que as 10 identidades apreendidas com ele são todas verdadeiras com nomes diferentes mas sempre com a foto dele, isso porque é difícil confirmar a originalidade de certidões emitidas no interior, o que deve mudar com um novo sistema que será implantado ainda este ano pela Secretaria da Segurança Pública de Goiás”, destacou o titular do 1º DP.

Prisão

No momento em que foi preso em flagrante dentro da Agência do Banco do Brasil da Rua 83 no Setor Sul, Silvando Oliveira estava concluindo a assinatura de documentos para um novo empréstimo de R$ 15 mil. “Ele já havia aplicado o mesmo golpe e obtido este mesmo valor nesta mesma agência meses atrás, só que agora estava tentando com um outro nome”, pontuou Isaías Pinheiro. Veja o momento da prisão:

Durante as investigações, a polícia descobriu que o motorista, que recebe dos Correios pouco mais de R$ 1.500 por mês, tem registrado em seu nome quatro veículos de luxo que ainda não foram localizados. Uma moto avaliada em mais de R$ 50 mil foi apreendida na casa dele.

Como no momento da prisão Silvando Oliveira, que até então não tinha passagens pela polícia estava com 10 identidades, folhas de cheque e contracheques falsificados, ele foi autuado em flagrante, além de estelionato, também por uso de documentos falsos, falsificação de documento público e falsidade ideológica. De acordo com a polícia, o próprio suspeito teria confessado que aplica golpes desde 2013.

Fonte: maisgoias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas