PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Suspeito de matar casal em Águas Lindas se entrega e alega legítima defesa



Da redação JAL

O suspeito de matar o casal de professores Milena Barbosa Gama, 33 anos, e Antônio Vidal da Silva, 36, se entregou no fim da tarde de ontem (31/8). Orlando Bernardino de Melo, 49, ex-marido de Milena, se apresentou às 17h na Corregedoria da Polícia Militar no Distrito Federal. O PM reformado confessou ter matado os dois, mas alegou legítima defesa. Ele está preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

O crime aconteceu na madrugada do último sábado (27/8). Segundo o delegado Cléber Júnio Martins, do Grupo de Investigações de Homicídios de Águas Lindas, Orlando se apresentou à Polícia Militar acompanhado de dois advogados. A corporação, então, o conduziu até a delegacia da cidade de Águas Lindas. Orlando, estava separado a cinco meses de Milena, disse que foi até a casa da vítima por volta das 4h para ver as filhas. Ele detalhou em depoimento que, ao chegar ao local, viu um carro estacionado no quintal e, com isso, decidiu invadir a residência, danificando a cerca da propriedade.

Segundo depoimento, Orlando disse que, ao ver Milena e Antônio, tentou filmar o encontro dos professores com um celular, mas acabou surpreendido por Antônio. Nesse momento, iniciou-se uma briga com o professor. "Ele (o suspeito) disse que a Milena foi até a cozinha e pegou uma faca para tentar se defender, mas ele acabou atingindo o Antônio e, depois a Milena. Justificou o crime dizendo que foi tomado pelo ódio e que, por isso, escreveu aquelas paradas na parede", detalhou o delegado. Na ocasião depois de matar as vítimas, o acusado escreveu a palavra "traição" na parede da cozinha com o sangue das vítimas.


Depois disso, o homem colocou os dois corpos no carro de Antônio, com algumas roupas de Milena e um colchão. Orlando confessou que foi até um posto de gasolina e usou o combustível para atear fogo ao veículo. Ainda abalada com a situação, a tia da vítima disse que espera que o suspeito permaneça preso. “Eu gostaria de olhar nos olhos dele e vê-lo confessar. Espero que ele não tenha privilégios”, disse Gisa Maria Gama, tia de Milena.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens do modelo de Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas