PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Iriz Rezende é citado em delação por receber R$ 300 mil via caixa 2

Três ex-excutivos da Odebrecht relataram que o peemedebista recebeu vantagens indevidas durante a campanha ao Governo do Estado em 2010
O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), não escapou da lista de despachos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, divulgada no dia 11 de abril. A petição 6851 revela que três ex-excutivos da Odebrecht relataram, em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato, que o peemedebista recebeu vantagens indevidas durante a campanha ao Governo do Estado em 2010.
Segundo os depoimentos de João Antônio Pacífico Ferreira, Ricardo Roth Ferraz de Oliveira e Benedicto Barbosa da Silva Júnior, Iris teria recebido, de forma não contabilizada, R$ 300 mil para realizar a campanha.  O documento foi encaminhado para a Justiça Federal de Goiás.
Em nota, o prefeito disse que a citação de seu nome na lista causa estranheza. “Todos os recursos das minhas campanhas eleitorais foram apresentados ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e devidamente aprovados. Expresso minha total tranquilidade sobre o assunto e coloco-me à disposição para colaborar com qualquer investigação”, diz o texto.

(MaisGoiás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas