PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Mais de 50 mil pessoas já foram afetadas com novo golpe aplicado no Whatsapp

De acordo com a empresa de segurança online PSafe, mais de 50 mil brasileiros foram afetados com um novo golpe no Whatsapp, em apenas cinco dias.

Conforme explicação da empresa, hackers montaram uma campanha falsa da loja de cosméticos -O Boticário-, a fim de enganar os usuários, com um cupom que poderia ser gasto nos estabelecimentos da rede. O golpe consiste no recebimento de mensagens de contatos conhecidos ou de algum grupo do Whatsapp, convidando o usuário a clicar no anúncio da promoção para ganhar o vale-presente.
Segundo informações do portal Infomoney, ao clicar no link do falso coucher, a vítima é direcionada para uma página na qual deve responder a três perguntas relacionadas à marca, como, por exemplo, “você recomendaria O Boticário a um amigo ou membro da família?”.
Após respondê-las, o usuário é incentivado a compartilhar o link do cupom com dez amigos ou grupos via Whatsapp para, só então, poder baixar o falso “vale-presente”. O que espalha rapidamente o golpe.
Em seguida, o usuário é encaminhado para se cadastrar em sites maliciosos que cobram valores indevidos ou pedem para o usuário baixar apps falsos, que podem infectar o smartphone e deixá-lo vulnerável a outros tipos de crimes ou prejuízo financeiro.
Para o gerente de Segurança da PSafe, Emilio Simone, é necessário que os usuários se atentem para o uso do antivírus no smartphone, para garantir uma navegação segura na internet. “Somente um software de segurança constantemente atualizado é capaz de analisar todas as ameaças existentes no mundo virtual”, alertou.
A PSafe recomenda manter o sistema operacional dos smartphones sempre atualizado, só fazer downloads de apps em lojas oficiais e desconfiar de promoções exageradas que chegam por mensagens, checando sempre se a promoção é real ao entrar em contato diretamente com a empresa.
A assessoria de imprensa do Whatsapp reforça ainda que não usa o “aplicativo para enviar mensagens de propaganda para seus usuários e trabalha cuidadosamente para reduzir as mensagens indesejadas que chegam por meio de seus sistema”.

(Diário de Goiás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas