PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Justiça Federal determina suspensão de atividades do Instituto Lula

O Instituto Lula teve suas atividades suspensas pela Justiça nesta terça-feira (9/5). A decisão é do juiz federal substituto Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília. O Ministério Público Federal (MPF) foi quem fez a solicitação para investigar se o ex-presidente Lula usava a instituição para fins indevidos.
“Como o próprio acusado [Lula] mencionou que no local [Instituto Lula] se discutia vários assuntos, e há vários depoimentos que imputam pelo menos a instigação de desvios de comportamentos que violam a lei penal, a prudência e a cautela recomendam a paralisação de suas atividades. Há indícios abundantes de que se tratava de local com grande influência no cenário político do país, e que possíveis tratativas ali entabuladas fizeram eclodir várias linhas investigativas”, justificou Leite.
O juiz também solicitou apoio da Receita Federal para que a decisão seja cumprida. Nesta quarta-feira (10), o tão aguardado depoimento de Lula para a Justiça será realizado em Curitiba (PR). É a primeira vez que o ex-presidente ficará frente a frente com Sérgio Moro.
Além de Lula, são réus, seu amigo José Carlos Bumlai, o ex-senador Delcídio Amaral, o banqueiro André Santos Esteves, o ex-assessor de Delcídio, Diogo Ferreira Rodriguez, o advogado Edson Siqueira Ribeiro Filho, e o filho de Bumlai, Maurício Barros Bumlai. Todos são acusados de “agirem irregularmente para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato”.
O caso já havia sido denunciado pelo Procurador-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, em 2015. No entanto, em decorrência da perda de foro privilegiado do ex-senador Delcídio Amaral (ex-PT-MS) e também pelo fato de o crime ter ocorrido em Brasília, a denúncia foi enviada à Justiça Federal do Distrito Federal. Com essa redistribuição, o Ministério Público Federal do Distrito Federal foi acionado para se manifestar sobre a ação penal e concluiu pela confirmação integral da denúncia prévia do Procurador-Geral da República. A reportagem procurou o Instituto Lula, mas ainda não obteve retorno. 

(Sara Alves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas