PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Suposto racha deixa dois mortos e dois feridos na noite deste domingo (30/04)


Um dia de diversão no Lago Paranoá culminou em uma atitude perigosa que tirou a vida de duas pessoas no trânsito. Um suposto racha na Avenida L4 Sul, próximo à entrada da Ponte das Garças, teria sido disputado por três carros quando o veículo de uma família foi atingido, capotou e bateu em uma árvore. Dois dos quatro ocupantes morreram na hora. Os envolvidos fugiram do local.
Segundo testemunhas, um Volkswagen Jetta cinza disputava o “pega” com um Land Rover Evoque quando atingiu a traseira de um Ford Fiesta vermelho, que capotou várias vezes, por volta das 19h30 de ontem. Os dois mortos estavam no banco traseiro do Fiesta: Cleusa Maria Cayres, 69 anos, e Ricardo Clemente Cayres, 46, mãe e filho. Os sobreviventes, Elberton Silva Quintão, 37 anos, que dirigia, e Osvaldo Clemente Caires, 72, marido e pai das vítimas, foram levados ao Hospital de Base. O primeiro saiu ileso, enquanto o segundo sofreu escoriações na cabeça e no braço, sem gravidade.
Os participantes do racha teriam passado a tarde em uma lancha no Lago Paranoá na companhia de amigos. Para escapar dos agentes de trânsito após o acidente, a suspeita é de que o grupo tenha contado com a ajuda de um outro carro – um Fiat Uno vermelho. No sistema da Secretaria de Segurança Pública, o Uno estaria com registro de roubo. O Jetta, que estava com a frente destruída, foi abandonado e o condutor não foi encontrado no local.O motorista do Evoque seria um sargento do Corpo de Bombeiros e foi abordado por agentes do Detran. Ele chegou a entregar documento do veículo e carteira de habilitação, mas fugiu no momento em que faria o teste do bafômetro.
Outro veículo ocupado por parte do grupo, um Chevrolet Cruze, também foi atingido durante o acidente e tinha um amassado na lateral. O carro foi estacionado a cerca de 200 metros do acidente, com três mulheres dentro. A motorista se apresentou como irmã do condutor do Evoque e se recusou a soprar o bafômetro, mas permaneceu no local durante a ação policial.
A 1ª DP (Asa Sul) investiga o caso. Até a publicação desta reportagem, os agentes da Polícia Civil estavam tentando localizar os donos do Jetta, com o endereço cadastrado no Detran.

(Daniel Cardozo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas