PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Após acidente motorista é preso por fraude em documento

Foto: PRF
           Um homem foi preso na tarde de ontem (25/7) após ter seu caminhão incendiado na BR 020. Os documentos fiscais apresentados pelo motorista tinham fortes indícios de adulteração.

         Tudo começou quando a PRF foi acionada para atender um acidente na BR 020, nas proximidades do Km 19, em Brasília-DF. Os policiais encontraram um caminhão com placas de Anápolis-GO, carregado com madeiras em chamas, que logo foram controladas pelo Corpo de Bombeiros. O acidente ocorreu na data de 24/7 por volta de 23h, e ainda ontem, a pista estava interditada parcialmente por um longo período durante o dia, para remoção do veículo e limpeza do pavimento.

         Os policiais observaram que a carga, que foi pouco danificada, tratava-se de madeira oriunda de plano de manejo florestal, que demanda regulamentação de desmatamento por órgãos ambientais.
Foto: PRF


         De acordo com os documentos fiscais apresentados pelo motorista de 31 anos, a carga vinha do estado do Amazonas, e tinha como destino final a cidade de Ribeirão das Neves-MG. Os policiais observaram uma incompatibilidade entre a data de emissão do documento e a distância entre Manaus-AM e o local do acidente, no que se refere ao tempo necessário para deslocamento do veículo.

         A equipe PRF realizou então contato com o Instituto Brasília Ambiental (IBRAM), órgão de fiscalização ambiental, que confirmou as inconsistências encontradas no documento de origem florestal (DOF). De modo confuso, o motorista chegou a declarar também que havia assumido a carga em Santarém-PA, e não em Manaus-AM. Foi feito transbordo da carga e a mesma foi encaminhada ao IBRAM.

         Diante de tantas evidências de ilícitos penais, a ocorrência foi encaminhada para a Superintendência da Polícia Federal do Distrito Federal.
Foram autuados o motorista do caminhão e um dos proprietários da carga pelos crimes de falsidade ideológica, uso de documento falso e crimes ambientais relativos ao transporte ilegal de madeira.





(redação JAL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas