PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Saiba como ajudar irmãos vítimas de incêndio em Águas Lindas

Foto: Alfredo Borges
Davi e Matheus, os irmãos que se queimaram gravemente ao tentarem apagar fogo em um monte de lixo no lote vazio da vizinha em Águas Lindas de Goiás, estão recebendo muitas doações. Alimentos, fraldas, leite são alguns dos itens que chegaram à casa da família, no Entorno do Distrito Federal, nos últimos dias.

O menor, chamado carinhosamente de Davizinho, de 2 anos e 11 meses, teve alta na sexta-feira (21/7) do Hospital da Asa Norte (Hran) e, nesta segunda (24), terá de retornar à unidade de saúde para trocar os curativos dos ferimentos.
Davizinho teve 70% do corpo queimado e ficou internado por quatro meses no Hran e no Hospital Materno-Infantil (Hmib), da Asa Sul. Segundo a mãe, a dona de casa Fabiane Rodrigues Leite, 24, o menino está com dificuldade para respirar. “Está sendo difícil, porque entraram na nossa casa e roubaram o nebulizador”, disse a mulher.
Nesta segunda (24), ela diz que o avô vai trazer Davizinho de Águas Lindas para o Hran de carro. “Mas ele vai começar a trabalhar, então ficará mais difícil. Vou procurar o Cras [Centro de Referência de Assistência Social] para ver se eles podem ceder o transporte para que a gente possa levá-lo toda semana”, planeja a mãe.
A história dos irmãos Matheus e Davi foi contada pelo Metrópoles na última sexta-feira (21). Desde então, Fabiane tem recebido mais doações. “Tem muita gente ligando no meu celular e trazendo coisas aqui em casa”, assegura. Mas a família, que vive com menos de um salário mínimo por mês, precisa de mais ajuda, pois Davizinho tem de ingerir só alimentos saudáveis e ir de duas a três vezes ao Hran para continuar o tratamento – a distância da casa do menino ao hospital é de 50km.
O drama de Matheus e Davi teve início quando, junto com outro garoto, eles inocentemente se aproximaram do fogo no lote vazio da vizinha. O mais velho jogou uma lata de tíner nas chamas achando que podia apagá-las. Pelo contrário. O fogo se espalhou e atingiu os irmãos. Matheus teve 15% do corpo queimado. Davi ficou em estado mais grave e terá de fazer tratamento pelo resto da vida. O menino já passou por 11 cirurgias.
Comovidos com a história de Davizinho, os profissionais do Hran criaram uma campanha para ajudar a família. A solidariedade da equipe da unidade de referência em tratamento de queimados se espalhou e, na sexta (21), mãe e filho deixaram o hospital com diversas doações, incluindo um carrinho de bebê.

Você também quer ajudar a família de Davizinho e Matheus?
Procure a Unidade de Queimados do Hran, localizado no Setor Hospitalar Norte, Quadra 1, das 8h às 20h, ou entre em contato pelo telefone (61) 3325-4220.
Se preferir, entre em contato com a mãe dos meninos pelo telefone (61) 99226-7992.
Dados bancários de Fabiane Rodrigues Leite:
Caixa Econômica Federal
Conta corrente: 00028080-5
Agência: 3052
CPF – 701.317.431-98

(redação JAL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas Desenvolvido por Blogger Copyright © 2016

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas