PLANTÃO DE NOTÍCIAS


Deu Trelelê na Família S.A
A partir de uma reviravolta na família, dois irmãos se aventuram e descobrem soluções criativas e coragem para enfrentar os desafios da vida. De 15 de setembro a 15 de outubro no Centro Cultural Banco do Brasil - Brasília

Crescer não é só crescer de tamanho
crescer não é só fazer 30 anos
crescer é olhar acertos e enganos
é a coragem para ser um melhor ser humano
crescer sem perder o coração de menino
e viver a vida com os pés no chão e a cabeça nas nuvens
"30 anos" - Miriam Virna
________________________________________________________________
 
Uma notícia divide a casa da família Silva Aguiar – a família S.A.. A reviravolta exige criatividade dos irmãos, Rosa, de 13 anos, e Gabriel, de 7, para enfrentar conflitos e tomar decisões diferentes do que estavam acostumados. O Centro Cultural Banco do Brasil - Brasília (CCBB - Brasília) apresenta, de 15 de setembro a 15 de outubro, com sessões de sexta a domingo, o espetáculo infanto juvenil "Deu Trelelê na Família S.A". Na peça, por meio da interação do teatro, vídeos e músicas, o público vai acompanhar a aventura dos irmãos durante a descoberta das virtudes humanas, do valor do amor entre os dois e o processo de amadurecimento.  No dia 12 de outubro haverá uma sessão gratuita para comemorar o Dia das Crianças.

"O espetáculo fala sobre um tema bastante presente nas famílias, as divergências. E, a partir delas, surgem os ajustes necessários para a convivência. É uma peça para todas as idades, mas, sobretudo, para crianças e adolescentes de 5 a 14 anos”, explica Catarina Accioly, que divide a direção com William Ferreira. "A peça busca uma identificação e aproveita diferentes linguagens para falar sobre virtudes, tão importantes, para ajudar crianças, adolescentes e até adultos, a superar reviravoltas com compaixão, tolerância, paciência e amor", define William.

Com texto da dramaturga Renata Mizhari (Prêmio Shell por Galápagos), o espetáculo começa dentro do microcosmos social da família S.A. Rosa, a mais velha, apresenta o irmão. "Ele tem sete anos. Mas parece que às vezes ele é adulto", narra. Gabriel é um menino curioso, sociável e muito criativo. O irmão também descreve Rosa: uma pré-adolescente que tem opinião própria, é muito autêntica.

Mesmo com faixas etárias diferentes e até com pequenas brigas, normais entre irmãos, Rosa e Gabriel são cúmplices. Contudo, uma mudança na casa provoca uma transformação na vida dos dois. Enquanto Rosa se depara com a uma liberdade ilusória, que toda pré-adolescente almeja, Gabriel, na idade da razão, começa a se isolar e a viver na melancolia.       

Vários personagens acompanham, participam da história e interagem com os irmãos por meio de vídeos. A professora, o padeiro e os amigos de Gabriel e Rosa aparecem em projeções gravadas em Brasília. Locais como o Lago Paranoá e uma quadra modelo criam o ambiente para a encenação. “O clima para cada cena foi pensado pela direção em parceria com as equipes de arte e vídeo, encabeçadas, respectivamente, por Maíra Carvalho e Maurício Chades”, afirma Catarina.  “O espetáculo é todo montado num processo de colagem entre o teatro, o cinema e a música, completa William.

A mistura de linguagens confere um caráter lúdico e inovador. Na trilha sonora, Miriam Virna é o nome responsável pelas composições originais ao lado de Vitor Castelo que criou os arranjos. "Os personagens do cotidiano de Rosa e Gabriel trarão, em forma de música, a compreensão de cada uma das virtudes que se relacionam com as situações que estão passando. Deu Trelelê na Família S.A dialoga sobre padrões morais para uma convivência social mais harmônica e construtiva", conclui, William.
Sinopse:
Deu Trelelê na família dos irmãos Rosa, de 13 anos, e Gabriel, de 7. A partir da reviravolta da família S.A, uma valiosa rede de afetos é desenvolvida e a convivência com os amigos, o padeiro, a professora, e os pais auxilia os irmãos a descobrir soluções criativas e coragem para enfrentar os desafios da vida. Em cena, Rosa e Gabriel dialogam com os personagens que pertencem ao seu universo. Isso acontece pela interação do teatro com o cinema e a música. Superar o Trelelê é estimular o amadurecimento natural das crianças e adolescentes por meio do conhecimento das virtudes, com ênfase na cumplicidade das relações fraternais. "Deu Trelelê na Família S.A" é uma aventura pela formação do caráter do indivíduo.

FICHA TÉCNICA:
Texto: Renata Mizrahi
Ideia Original: Catarina Accioly e William Ferreira
Direção: Catarina Accioly e William Ferreira
Assistência de Direção: Luana Proença
Elenco: Clara Maria Matos e Lupe Leal.
Elenco vídeos: Guilherme Angelin, Juliano Coacci, Luana Proença, Nathalie Amaral
Direção de Arte: Maíra Carvalho
Cenário: Leonardo Cinelli
Figurinos: Eduardo Barón
Visagismo: Luiz Felipe Ferreira
Viedografismo, animações  e Videomapping: Maurício Chades
Direção Musical e Letras Originais: Miriam Virna e Victor Castelo
Preparação Vocal: Victor Castelo
Desenho de Luz e Efeitos: Dalton Camargos
Operação de Luz: Emmanuel Queiroz
Programação Visual: Jana Ferreira
Direção de Produção: Guilherme Angelin
Produção Executiva: Maíra Carvalho
Produção: Quartinho Direções Artísticas
Produção Associada: Coletivo Sala de Estar e Guinada Produções
Fotos: Joana França
Assessoria de Imprensa: Carla Spegiorin – Âncora Comunicação

ASSESSORIA DE IMPRENSA – DF: Âncora Comunicação
·        Carla Spegiorin – carla@ancoracom.com.br Tel (61) 98114-0537
·        Antonio Filho – antonio@ancoracom.com.br


Serviço

“Deu Trelelê na Família S.A”
Centro Cultural Banco do Brasil Brasília
SCES, Trecho 2, Lote 22, Brasília - DF
Estreia: 15 de setembro de 2017
Temporada: até 15 de outubro (no CCBB)
de sexta a domingo
sexta às 15h
sábado e domingo às 16h
No dia 12 de outubro haverá uma sessão gratuita, às 16h
Teatro 1
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
Clientes BB tem 50% de desconto em até 4 ingressos
Duração: 60 minutos
Recomendação/Classificação: Livre
Gênero: Infanto-juvenil
Horário da bilheteria do CCBB: de terça a domingo, das 13h às 21h
Informações CCBB: Tel: (61) 3108-7600
Capacidade do teatro: 327 lugares

Patrocínio: Banco do Brasil

Assessoria de imprensa CCBB: Michele Lira Rodrigues – michele-lira@bb.com.br - (61) 3108-7609 / 7630

CCBB Brasília
Aberto de terça-feira a domingo das 9h às 21h
SCES Trecho 2 – Brasília/DF  Tel: (61) 3108-7600


Redes sociais: facebook.com/ccbb.brasilia e twitter.com/CCBB_DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Marcos Alexandre gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas