PLANTÃO DE NOTÍCIAS

MP instaura denuncia contra homem que estuprou e matou em Águas Lindas de Goiás

O Ministério Público de Goiás ofereceu denúncia, no último dia 11, contra Valdinei Quintino de Sousa pelo estupro e homicídio qualificado da idosa Maria José da Silva, ocorrido em Águas Lindas de Goiás. O crime causou grande comoção pela violência com que foi cometido.
Conforme sustentado pelo promotor de Justiça Marcelo Borges Amaral, por volta das 4h30 de 11 de julho deste ano, após consumir substâncias entorpecentes, Valdinei de Sousa, conduzindo sua moto, avistou a vítima, de 61 anos, que voltava para sua casa, no Bairro Jardim Águas Lindas II. Valdinei desceu da moto e arrastou Maria José violentamente, puxando-a pelo braço, para o interior de um lote baldio.
Com a vítima imobilizada, praticou atos libidinosos diversos da conjunção carnal e bateu violentamente a cabeça dela no chão, causando sua morte por traumatismo craniano. Conforme ponderou o promotor, a morte foi provocada valendo-se de recurso que dificultou a defesa da vítima, consistente na absoluta desproporção física dela (pessoa idosa) em relação ao réu. Além disso, a ação contundente de bater com a cabeça da vítima no chão também objetivou assegurar a continuidade da prática dos atos libidinosos, tendo em vista que Maria José começou a gritar por socorro.
Após cerca de 1h10 do início da execução do crime, Valdinei pegou a bolsa da vítima, colocou no baú branco de sua motocicleta e saiu do local. Durante a fuga, o denunciado passou por uma distribuidora, onde ingeriu bebida alcoólica e mexeu nos pertences de Maria José.
Na sequência, ele entrou em um matagal, dispensou a bolsa subtraída da vítima e foi para casa, onde guardou a motocicleta utilizada no delito e foi dormir.
Na manhã do dia 11, com o fim de evitar a responsabilização criminal, após ver reportagens sobre o fato, Valdinei retirou o baú branco da motocicleta utilizada no crime e ateou fogo no acessório atrás de sua casa. Cerca de um mês após o delito, o denunciado trocou a motocicleta utilizada no fato e comprou um novo baú de cor preta.
No decorrer das investigações, após o deferimento judicial de quebra de sigilo, o denunciado foi identificado, localizado e preso, ocasião em que, na delegacia, confessou os fatos. Ele está sendo denunciado pelos crimes de estupro, por homicídio duplamente qualificado, recurso que dificultou a defesa da vítima e para assegurar a execução de outro crime, todos do Código Penal, combinado com o artigo 1º, inciso I, da Lei dos Crimes Hediondos (Lei nº 8.072/1990). Por fim, foi denunciado também por furto e fraude processual.

Atualmente Valdinei está preso na cadeia pública de Águas Lindas. 











(Cristina Rosa-Ascom do MP-GO/foto reprodução/redação JAL) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas