PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Mulher sofre aborto de gêmeos e sequestra bebês de amigas para enganar o marido


Uma mulher de 35 anos foi pressa nessa quinta-feira (9) suspeita de pegar dois bebês de amigas depois de sofrer um aborto de gêmeos. Os crimes foram cometidos para enganar o marido e evitar que ele descobrisse a morte dos fetos. O caso ocorreu em Goiânia (GO).
A mulher, identificada por Mizia Pereira de Moraes mora no Pará, enquanto o marido, em Goiânia. Mizia perdeu os gêmeos no quarto mês de gestação. Ela então decidiu manter uma falsa gravidez ao longo dos meses para garantir o casamento.
Segundo a Polícia Civil, para completar a farsa, Mizia afirmou que fez um acordo com duas mulheres: uma do Pará e outra de Aparecida de Goiânia. O acordo era que as mães dessem seus bebês para que ela os apresentasse ao marido e, assim, manter a farsa.
Uma das mulheres, no entanto, desistiu de continuar com o golpe e pegou a filha de volta. Desta forma, Mizia apresentou apenas um bebê ao marido. Questionada pelo homem, ela contou que uma das filhas tinha sido sequestrada.
Ao ser pressionada pela família do marido, Mizia registrou boletim de ocorrência e apresentou certidões de nascimento falsas. Em princípio, ela conseguiu enganar o Conselho Tutelar e até a polícia.
“Chegou uma mãe falando que sua filha foi sequestrada, trouxe a foto da criança, desesperada, conta uma história na qual, as imagens da câmera de segurança, batem certinho, então você realmente acha que aquilo aconteceu”, disse a delegada Ilda Helbingen à TV Anhanguera.
A delegada, no entanto, entrou em contato com a Polícia Civil do Pará e descobriu um boletim de ocorrência sobre sequestro de um bebê com as mesmas características do que estava com Mizia.
“O pai de uma dessas crianças foi na delegacia do Pará contando que a mulher dele tinha passado a noite na casa da Mizia a convite dela, que fizeram um jantar, e que ela tinha chegado em casa sem a criança, dizendo que ela tinha acordado sem a criança do lado e sem ninguém na casa. Aparentemente a Mizia teria colocado alguma droga na bebida ou comida dela. Ela não lembrava de nada, mas percebeu que tinham R$ 1, 7 mil ao lado dela”, contou a delegada.
No mesmo momento, a mulher que desistiu de entregar o bebê procurou a polícia e contou ter sido convencida a participar da farsa, mas mudou de ideia no último momento. A delegada acredita que o marido de Mizia não tenha envolvimento com o crime e foi enganado pela mulher.
As investigações continuam para apurar qual o real envolvimento das verdadeiras mães das crianças na farsa. Mizia foi presa em flagrante. Ela deve responder por falsificação de documentos, falsa comunicação de crime e sequestro. Os bebês vão ficar em um abrigo até a confirmação de quem são as verdadeiras mães.




(J.Br/Foto: TV Anhanguera/redação JAL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas