PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Prefeitura de Águas Lindas cede área pública para funcionamento de autoescolas


Nesta segunda-feira (27), o prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, assinou um decreto de cessão por tempo indeterminado de uma área pública para o funcionamento padrão de autoescolas no município. A solenidade contou com a presença de representantes de nove instituições de Formação de Condutores de Veículos, do vereador Aderson da Modelle e de secretários municipais.

O diretor do CFC Centro Oeste, Nilson de Paiva, agradeceu ao prefeito Hildo do Candango por se sensibilizar e ceder a área para o funcionamento do curso de formação tanto para carros como para motocicletas. “Fomos notificados de que para continuarmos trabalhando teríamos de seguir as normas do Denatran e também do Detran de Goiás. Em caso contrário, as autoescolas teriam de fazer seus trabalhos em outros municípios vizinhos. Com essa atitude do prefeito, só quem ganha é a população de Águas Lindas”, frisou Nilson.

Com a parceria da Prefeitura, a área receberá melhorias importantes na sua infraestrutura como, por exemplo, serviços essenciais básicos, como água e banheiro, abrigos e pistas adequadas para a aplicação das aulas práticas de direção. “O objetivo é garantir que as autoescolas ofereçam ao aluno um serviço de qualidade, com segurança. Só desta forma formaremos bons condutores, aptos para dirigir nas ruas”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

A principal preocupação é padronizar as pistas, conforme as normativas vigentes desde 2009. “Nesta semana, encontramos pistas sem condições para as aulas, com mato no asfalto, rampas próximas a buracos, cercadas por arame farpado, colocando em risco a vida do futuro motorista”, conta o controlador chefe da CRT, Cleto do Amaral Cattani. Segundo ele, nos casos em que a equipe do Detran comprovar a falta de segurança, com possibilidade de acidentes envolvendo alunos, a autoescola será imediatamente impedida de utilizar a pista e oferecer o curso para motociclistas. Já para casos que exijam adequação, o prazo para efetuar as mudanças será de 30 dias.

“Serão vistoriados quatro itens principais: padrões de segurança, alterações no projeto apresentado ao Detran antes da construção da pista, biometria para registrar presença nas aulas e estrutura básica oferecida ao aluno, como banheiros, local coberto e condições de asfalto”, afirma Cattani.





(Amab/Foto: Amab/redação JAL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas