PLANTÃO DE NOTÍCIAS

“Vou atropelar todo mundo”, ameaçou o bombeiro por rádio de viatura levada de quartel


Um militar do Corpo de Bombeiros roubou um caminhão da corporação na madrugada deste domingo (3), ameaçou “atropelar todo mundo” se a Polícia Militar não parasse de atirar contra ele. Em suposto surto, o homem percorreu quase 30 quilômetros do 8º Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), em Ceilândia Norte, até a Esplanada dos Ministérios em alta velocidade. Ele foi perseguido por mais de uma dezena de viaturas policiais e disse que só pararia no Congresso Nacional.
Áudios que foram obtidos gravados durante a perseguição, mostram a negociação. A voz é atribuída a um segundo sargento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, que se contradiz. Ele fala que não tem intenção de matar e, ao mesmo tempo, que pode atropelar alguma pessoa. Colegas do suspeito confirmam que a voz pertence ao homem. 
O homem foi acompanhado por mais de 15 viaturas da Polícia Militar, que deu ordens de parada e desferiu tiros contra o veículo que seguia em alta velocidade. A PMDF foi acionada pelo 190 e encontrou com o homem na altura da Cidade do Automóvel, na via Estrutural, sentido Plano Piloto. “Várias ordens de parada foram dadas ao condutor, mas sem sucesso. Durante todo o percurso viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros acompanharam o veículo e balizaram o trânsito no sentido de evitar acidentes”, informou a corporação.
A interceptação aconteceu perto das 2h, já na Esplanada dos Ministérios, próximo à Catedral Metropolitana de Brasília. O veículo só parou quando perdeu o controle após levar tiros no pneu. O condutor conduzido ao Quartel do Corpo de Bombeiros e recebeu voz de prisão. O local foi preservado pela Polícia Militar e a perícia da Polícia Civil foi acionada.
A ocorrência foi registrada na 5ª Delegacia de Polícia, na área central. Segundo a Polícia Civil, o bombeiro foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame clínico. Procurados, a Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social e o Corpo de Bombeiros não responderam ao Jornal de Brasília até a publicação desta matéria.





(J.Br/Foto: CBMDF/redação JAL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas