PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Governador de GO descansava em praia de Pernambuco durante rebeliões


Há exatos sete dias, na segunda (1º/1), a crise nas penitenciárias do estado de Goiás teve a primeira rebelião, que deixou nove presos mortos, sendo dois decapitados, 14 feridos e centenas de foragidos. O problema da superlotação desencadeou outros dois motins e fugas em prisões do Entorno do Distrito Federal, deixando a população e familiares dos detentos em alerta. Enquanto isso, o governador Marconi Perillo (PSDB) tirava férias em um resort.
O local escolhido foi a Praia dos Carneiros, em Pernambuco, conhecida pelas hospedagens luxuosas, que oferecem ótimos serviços e estrutura completa para lazer e descanso. O chefe do Executivo goiano confirmou o passeio e disse que decidiu descansar por três dias, “depois de um ano de intenso trabalho”.
Acrescentou que teve reunião com a equipe de segurança, deixando algumas decisões encaminhadas para controlar a situação em Aparecida de Goiânia. “Deixei o vice-governador no comando da situação em conjunto com a nossa competente equipe responsável pelo sistema de segurança”, afirmou ao jornal Gazeta Online.

Ainda assim, enquanto ele estava de férias, a situação nos presídios só piorou. Houve mais duas rebeliões em Aparecida — tratadas pelo governo como “tentativas”, já que não houve mortos, nem feridos — e uma fuga em massa em Luziânia. Neste caso, os presos serraram as grades e 11 fugiram. A ação foi toda registrada em vídeo feito pelos próprios detentos, por celular.
Perillo disse que enquanto estava distante de Goiás, continuou despachando pelo celular. “No mundo atual, a internet é utilizada em situações diversas, na liderança e na ação. Tanto é verdade que duas tentativas de rebelião foram frustradas graças à nossa rápida e eficiente ação. Em uma delas, conversei com o diretor do sistema prisional várias vezes na madrugada.”

Nesta segunda-feira (8), a presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Cármen Lúcia, estará em Aparecida de Goiânia para uma inspeção no presídio. Em seguida, irá almoçar com o governador, para discutir os próximos passos com a crise nos presídios.






(Metrópoles/Foto reprodução/redação JAL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas