PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Policial civil brasiliense é executado com 30 tiros de fuzil no MS

Um policial civil de Brasília lotado em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, foi executado com 30 tiros de fuzil ao ser vítima de uma emboscada no município que fica na fronteira com o Paraguai. 




corpo de Wescley Vasconcelos, de 37 anos, foi trazido para a capital federal, onde deve ser enterrado na tarde desta quinta-feira (8).
Wescley morava a cerca de 600 metros da delegacia. O crime ocorreu na tarde de terça-feira (6). Segundo a polícia, o rapaz havia saído do trabalho em uma viatura descaracterizada, junto com uma estagiária, para pegar algo em casa e, no caminho, foi baleado. Wescley morreu na hora. A garota foi atingida com um tiro de raspão.

O policial formou no final de 2014 e, logo em seguida, foi transferido para a região da fronteira. Antes, o servidor trabalhou na Bahia durante seis anos como policial militar. Wescley Vasconcelos era tratado pelos colegas com unanimidade pela excelência com que conduzia o serviço. Desde o dia do crime, policiais de Campo Grande e Ponta Porã realizam uma força-tarefa na busca pelos autores.

O carro em que o policial estava ficou com marcas de tiros de fuzil Ak-47, que é de fabricação russa. A polícia entende que isso demonstra o alto grau de profissionalismo dos criminosos, porque houve grande quantidade de disparos e praticamente só acertaram o policial, que era o alvo. As informações são do G1.

Fonte: JAL / JBr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas