PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Vídeo: homenagens marcam enterro de policial assassinado

Diversas homenagens marcaram o enterro do policial civil Wesley Vasconcelos, morto nessa terça-feira (6), em Ponta Porã, cidade que faz fronteira com o Paraguai.





 brasiliense foi assassinado com cerca de 30 tiros de fuzil, em uma emboscada, a poucos metros da delegacia onde era lotado. Familiares, amigos e colegas de farda participam da despedida do jovem nessa quinta-feira (8), no Cemitério Campo da Esperança na Asa Sul.

Um helicóptero da Polícia Civil jogou centenas de pétalas de rosas. Ao final, um dos policiais que estava a bordo prestou continência ao colega de farda, enquanto os presentes aplaudiam.




Bastante comovida, Cátia Abreu, tia de Wescley, diz que o sentimento da família não é de revolta, mas de muita dor. “Dor porque perdemos um herói. Ele não é só nosso herói, mas herói do país inteiro. Ele morreu em nome de todos os policiais e da população brasileira. Ele morreu combatendo. O ato heroico dele não é abstrato, é real. Ele morreu em nome da população brasileira. Então nosso sentimento não é de revolta, mas muita dor”, resumiu.



O delegado da Delegacia de Boa Vista, Jarlei Inácio, veio até Brasília para prestar apoio aos familiares de Wescley. “Estou como amigo. O Wescley fez parte da minha equipe. Nós trabalhamos por três anos juntos e vivemos como uma família. A polícia do Mato Grosso do Sul já está investigando o caso e todas as especializadas estão na região de fronteira empenhadas em identificar e prender os responsáveis”. Ainda segundo o delegado, a Delegacia de Homicídios já tem alguns suspeitos.
Ainda segundo Jarlei, Wescley foi “um dos melhores policiais da Polícia Civil e sempre fez um trabalho de excelência”.

Entenda

Wescley Vasconcelos morreu na terça-feira (6) e seu corpo foi trazido para Brasília na quarta (7). Na cidade que faz fronteira com o Paraguai, o policial civil morava a cerca de 600 metros da delegacia. Segundo a polícia, o rapaz havia saído do trabalho em uma viatura descaracterizada, junto com uma estagiária, para pegar algo em casa e, no caminho, foi baleado. Ele morreu na hora, enquanto a garota foi baleada de raspão. Ela está fora de perigo.

Fonte: Jornal Águas Lindas / Jbr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas