PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Após golpe, donos de locadora de máquinas pesadas denunciam prejuízo de R$ 600 mil, em Goiânia


Segundo um dos proprietários, um dos criminosos se identificou como presidente de um empresa renomada e precisava das máquinas para realização de um trabalho no Jardim Novo Mundo

 
onos de uma locadora de máquinas pesadas denunciaram que foram vítimas de um golpe de cerca de R$ 600 mil. Para isso, o grupo criminoso utilizou toda documentação de uma empresa legalizada para a realização do crime, que ainda conta com o desaparecimento de uma motoniveladora. Até o momento, ninguém foi preso.

Segundo Daniel Rodrigues, um dos sócios-proprietários, a empresa recebeu ligação de um dos criminosos que se passou por dono da empresa que tem sede em Uberlândia (MG). “Ele alegou que iria fazer a construção de um sede da Petrobrás na região do Jardim Novo Mundo e precisava das máquinas para o trabalho”, destaca.

Daniel conta que eles foram até o galpão aonde as máquinas ficariam acondicionadas até a conclusão dos trabalhos. Segundo ele, o criminoso fez a contratação de cinco máquinas, entre elas retroescavadeiras, motoniveladores e pá-carregadora. Além disso, eles requisitaram um caminhão, que só não foi furtado pelo grupo pelo fato de ser entregue no início da obra.

“Após isso, iniciamos o processo para firmar o aluguel das máquinas. Eles mandaram todos os documentos legais, reconhecido em cartório e tudo mais. Como não constatamos irregularidades, em momento algum desconfiamos que poderíamos ser vítimas de um golpe”, relata.

As entregas de parte das máquinas no galpão aconteceram no último dia 30. Na sexta (1), a locadora entregou o restante da encomenda. Segundo Daniel, quando os funcionários chegaram no local para trabalharem, se depararam com o galpão vazio. Ainda segundo ele, a retroescavadeira foi retirada do local no sábado (2).

Já em vídeo de um sistema de monitoramento das proximidades do galpão, mostraram uma caminhonete branca na frente da motoniveladora, que foi furtada no último domingo (3). Após isso, é possível ver a pá carregadora, seguida por um carro escuro. “Acreditamos que elas foram furtadas e escoltadas para o destino. Até o momento, conseguimos encontrar a retroescavadeira na Vila Pedroso e a pá-carregadora na região do Recanto do Bosque”, explica.

Daniel conta que entrou em contato com a empresa utilizada pelos criminosos. Eles relataram que a pessoa identificada existia e que se tratava do dono da empresa. Ele, por sua vez, negou haver obras a serem executadas em Goiás e qualquer trâmite para contratação de maquinário. “Pelo jeito, eles clonaram todos os documentos para a realização da negociação”, supõe.

Investigação

O delegado à frente ao caso, Elton Diogo Fonseca, do 19° Distrito Policial, explica que pelo fato do processo ainda está em fase inicial, não há muitos detalhes à serem passados, até mesmo para não atrapalharem as investigações. Mas acredita-se que a quadrilha possa ser especializada nesse tipo de roubo.

“O golpe em si foi muito bem articulado. Eles apresentaram tudo corretamente a ponto de levar a confiança dos contratados que entregaram o seu patrimônio para uma empresa de reconhecimento do mercado”, salienta.

Fonte: https://www.emaisgoias.com.br/apos-golpe-donos-de-locadora-de-maquinas-pesadas-denunciam-prejuizo-de-r-600-mil-em-goiania/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas