PLANTÃO DE NOTÍCIAS

STF julga Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo nesta terça.


Os dois são réus em processo que apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro


2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) inicia na tarde desta terça-feira (19/6) o julgamento da ação penal contra a senadora e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffman (PT-PR), o marido dela e ex-ministro dos governos Dilma e Lula, Paulo Bernardo, e o empresário Ernest Kugler.

O Ministério Público Federal (MPF) acusa o trio de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, por supostamente ter recebido valor ilícito em esquema de corrupção na Petrobras. É a segunda ação penal oriunda da Operação Lava Jato na Corte.

Saiba mais sobre o caso 

19/06/2018 15:04
"Há provas de autoria e da materialidade [a favor] da imputação a todos os réus", afirma Vilhena.

19/06/2018 15:04
O subprocurador afirma que as investigações reuniram provas que atestam os fatos delatados por Paulo Roberto Costa, Antônio Fioravante Peruccini e os acusados. Ainda de acordo com o MPF, foi apreendida durante as investigações uma agenda do ex-diretor da Petrobras, onde constava um suposto repasse de R$ 1 milhão a Paulo Bernardo para a campanha de Gleisi.

19/06/2018 14:59
Segundo Vilhena, em depoimentos à Polícia Federal, os acusados negaram irregularidades e apresentaram uma "afinada versão", que acabou por ser desconstruída pelo depoimento de Antonio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini.

19/06/2018 14:56
O subprocurador Carlos Vilhena afirma que o dinheiro foi repassado pessoalmente em quatro ocasiões, em Curitiba (PR).

19/06/2018 14:56
O dinheiro teria sido repassado pelo advogado Antonio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini ao empresário Ernesto Kugler, suposto operador de Paulo Bernardo. Segundo o MPF, essa versão dos fatos foi confirmada por pelos menos quatro delatores e diz ainda que a própria senadora Gleisi Hoffmann confirmou que Paulo Bernardo operou sua campanha ao Congresso em 2010.

19/06/2018 14:54
De acordo com o subprocurador, em 2010, o então ministro do Planejamento Paulo Bernardo pediu a Paulo Roberto Costa uma doação de R$ 1 milhão para a campanha de Gleisi Hoffmann ao Senado. O representante do MPF afirma que o então diretor da Petrobras aceitou o pedido para "se manter de bem com o partido que estava à frente do Executivo e tinha grandes chances de permanecer no poder após as eleições gerais de 2010".

19/06/2018 14:50
Para ascender ao cargo de diretoria, segundo Costa, era necessário ter um apadrinhamento político, "como ocorre em todas as empresas vinculadas ao governo". Ainda segundo o delator, "o grupo político sempre pedirá algo em troca".

19/06/2018 14:49
Vilhena cita parte de depoimento de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de abastecimento da Petrobras. Aos investigadores, o ex-executivo afirmou que "para cargos do alto escalão da Petrobras, não bastava ser tecnicamente perfeito".

19/06/2018 14:47
Agora, se manifesta o representante do MPF, subprocurador Carlos Vilhena. Ele tem até uma hora para se pronunciar.

19/06/2018 14:45
Ministro Fachin termina a leitura do seu relatório

19/06/2018 14:44
Em vídeo, Gleisi afirma que denúncia no STF é perseguição contra PT

19/06/2018 14:43
Em alegações finais, o MPF pediu a condenação dos três pelos dois crimes e o pagamento de multa de R$ 4 milhões. Já os acusados pediram a anulação da denúncia ou a absolvição dos delitos. Subsidiariamente, Paulo Bernardo pede a desclassificação dos crimes para falsidade ideológica eleitoral.

19/06/2018 14:39
Fachin aponta ainda que durante o curso do processo, a 2ª Turma rejeitou um recurso de Paulo Bernardo contra a aceitação da denúncia. Foram ouvidas testemunhas, os réus e reunidas provas. Os acusados também apresentaram defesas e todos negaram quaisquer irregularidade.

19/06/2018 14:31
Ministro Fachin lembra que a senadora e presidente do PT nacional, Gleisi Hoffmann, o ex-ministro Paulo Bernardo e o empresário Ernesto Kugler são acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Segundo a acusação, o trio recebeu propina de R$ 1 milhão para a campanha de Gleisi ao Senado, em 2010. O repasse teria sido feito pelo ex-diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, em troca de apoio político para sua permanência na estatal.

19/06/2018 14:30
Por conta disso, anuncia ainda que marcou uma sessão extraordinária para a manhã da próxima terça-feira (26) para julgar outros casos que estão na extensa pauta da Corte.

Lewandowski passa a palavra ao ministro Edson Fachin, para a leitura do relatório.

19/06/2018 14:27
Segundo o ministro, a sessão deve passar do horário e só terminar quando o julgamento chegar ao fim

19/06/2018 14:26
Ministro Ricardo Lewandowski afirma que combinou com os ministros da 2ª Turma pra finalizarem ainda nesta terça (19) o julgamento da ação contra Gleisi e Paulo Bernardo

19/06/2018 14:25
O Supremo Tribunal Federal iniciou agora o julgamento.

Fonte: Metrópoles/Jornal Águas Lindas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas