PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Gestão de Hildo do Candango promove seminário para discutir abuso e violência contra crianças e adolescentes em Águas Lindas de Goiás


Hildo do Candango promove seminário para discutir abuso e violência contra crianças e adolescentes


ando continuidade à gestão de Aleandra Sousa quando esteve à frente da Secretaria de Assistência Social de Águas Lindas de Goiás e o pilar central das políticas públicas desenvolvidas pela pasta era voltado às necessidades básicas da população, a atual secretária de Assistência Social, Maria Fábia, promoveu evento destinado a discutir assuntos relacionados ao abuso e à violência sexual contra crianças e adolescentes.

“As áreas técnicas que integram a rede expõem dados de suas atividades e buscam mecanismos para melhorar a oferta desta proteção, chamamos a atenção da comunidade para uma maior participação no sentido de denunciar qualquer tipo de violação de nossas crianças e adolescentes, este mal deve ser combatido diariamente”, disse a secretária.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), com base em dados de 2011, mostrou que 70% das vítimas de estupro no Brasil são crianças e adolescentes. Desta forma, qualquer atividade destinada a debater temas relacionados a esse contexto social vai ao encontro da informação que ajuda a elevar o nível de cidadania de uma sociedade.

Conforme ressaltou a assessoria de comunicação da Prefeitura de Águas Lindas, o evento – um seminário – ocorreu no auditório do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), e sua realização faz parte uma série de atividades que estão sendo realizadas no sentido de “discutir de forma intersetorial, ou melhor, envolver todos os agentes que integram a rede protetiva de assistência do município como unidades do CRAS, Conselho Tutelar, Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação para encontrar formas de ampliar o Serviço de Proteção às Crianças e Adolescentes do município”.

Para o prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, encontros que visam debater assuntos cuja relevância social ultrapassa a normalidade da realidade cotidiana - como os casos de estupros, trabalho infantil, entre outros – são oportunidades que a sociedade tem para falar sobre suas mazelas e tentar corrigi-las.

“Nossa gestão prioriza este tipo de atividades porque sabemos que a melhor arma para a população superar suas deficiências é a informação. Quando fazemos seminários, estamos tentando levar conhecimento tanto à população quanto à sociedade, que são os agentes transformadores de qualquer espaço social”, lembra Hildo.

O seminário contou com a presença de autoridades como o secretário de Saúde, Eduardo Rangel; o subsecretário de Educação, Severino Nunes; a conselheira tutelar, Gizélia Cabral; e a subsecretária de promoção da criança e adolescente da Secretaria da Criança do Governo do Distrito Federal (GDF), Perla Ribeiro.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas