PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Políca da Nicarágua prende suspeito de matar estudante brasileira


Informação foi confirmada pela Polícia Nacional da Nicarágua por meio de nota


Polícia Nacional da Nicarágua divulgou comunicado, nesta sexta-feira, no qual anuncia a prisão de Pierson Gutiérrez Solis, 42 anos, acusado de ser o autor dos disparos que mataram a estudante de medicina brasileira Raynéia Gabrielle Lima, na última segunda-feira.

De acordo com a nota, o suspeito carregava uma carabina M4. "O expediente de investigação policial, o detido e as evidências serão remetidos à ordem das autoridades competentes", afirma o texto (veja abaixo). As autoridades não divulgaram se Pierson era vigilante de uma empresa privada, como sustentava a versão inicial sobre o suspeito, ou se tratava-se de um paramilitar.

O Correio entrou em contato com Maria José da Costa, mãe de Raynéia, que demonstrou ceticismo. "Se não for um laranja, né? Porque a suspeita era de que tinha sido um vigilante particular. Ele vai ser obrigado até a admitir que foi ele", comentou. Jornalistas nicaraguenses admitiram à reportagem o fato de o suposto vigilante particular portar uma arma de grosso calibre, considerada arma de guerra.

Embaixador convocado 

Mais cedo, o Brasil considerou "extremamente insuficientes" as informações entregues pela Nicarágua sobre a morte da estudante, ocorrida durante os protestos contra o presidente Daniel Ortega. A afirmação foi do ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes.

Brasília convocou o embaixador da Nicarágua no país para receber informações sobre os eventos e logo em seguida ligou para seu embaixador em Manágua para consultas.

Fonte: CB/Jornal Águas Lindas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas