PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Brasil x Uruguai: aos 22 anos, Arthur e Torreira conduzem meio-campo rumo à Copa do Catar

Volantes ganham protagonismo em seleções brasileira e uruguaia, e simbolizam novas gerações no amistoso desta sexta-feira






rthur e Lucas Torreira nasceram em 1996, quando a rivalidade entre Brasil e Uruguai já somava décadas e mais décadas. No amistoso desta sexta-feira, o primeiro entre as seleções depois de 23 anos, os jovens se enfrentarão como referências das novas versões das equipes.

A TV Globo, o SporTV e o GloboEsporte.com transmitem Brasil x Uruguai ao vivo, a partir das 18h (de Brasília)
Nas renovações propostas por Tite e Oscar Tabárez em Brasil e Uruguai, Arthur e Torreira parecem ser protagonistas. Ambos trocaram de clube na última janela de transferências e têm sido apontados como donos de boa parcela de responsabilidade pelo bom futebol de Barcelona e Arsenal.

Arthur deixou o Grêmio campeão da Libertadores e com o rótulo de craque. Seu estilo de jogo, raro para meio-campistas brasileiros, encantou. Em entrevista durante esta semana, no CT do Arsenal, onde a Seleção se preparou para o amistoso, ele explicou como conseguiu se diferenciar na categoria de base do país, que revela poucos bons atletas de sua posição.

– Sempre levei essa qualidade comigo. Tive vários treinadores importantes na base e sou grato ao Grêmio pela minha formação, mas esse estilo é minha maneira de enxergar o futebol. Veio comigo desde sempre, e fico feliz por estar dando resultado e por chegar a um dos maiores clubes do mundo e à seleção brasileira, que é o sonho de toda criança – afirmou.

+ Renato ou Paulinho? Ex-pilares do meio da Seleção agora disputam para jogar com Arthur

Torreira, por sua vez, jogou no futebol italiano desde os 17 anos de idade. Primeiro no Pescara, depois na Sampdoria, onde se destacou a ponto de disputar a última Copa do Mundo, algo do que Arthur não conseguiu convencer Tite.



O uruguaio chegou ao Arsenal no meio deste ano, ganhou a posição logo nas primeiras rodadas sob comando de Unai Emery, técnico também recém-contratado, e já é chamado de ponto de equilíbrio do meio-campo.

Cleber Xavier, auxiliar de Tite, também elogiou Torreira antes do amistoso:

– O Arévalo Ríos saiu do time depois de muito tempo e veio o Torreira, que tem um pouco mais de qualidade técnica, mas mantém as características.

Jovens, os dois adversários têm a expectativa de se manter por um longo tempo em duas das seleções mais importantes do futebol mundial. A previsão é de muitos duelos pela frente. O desta sexta, no estádio do Arsenal, é só o primeiro.

BRASIL x URUGUAI
Local: estádio do Arsenal, em Londres
Data e horário: sexta-feira, às 18h (de Brasília)

BRASIL: Alisson, Danilo, Marquinhos, Miranda e Filipe Luís; Walace, Arthur e Renato Augusto (Paulinho); Douglas Costa, Neymar e Firmino. Técnico: Tite.
Reservas: Ederson, Gabriel Brazão, Fabinho, Dedé, Pablo, Alex Sandro, Allan, Paulinho (Renato Augusto), Rafinha, Willian, Richarlison e Gabriel Jesus.

URUGUAI: Campaña, Mathias Suárez, Cáceres, Velázquez e Laxalt; Torreira, Vecino, Bentancur e Carlos Sánchez; Cavani e Luis Suárez. Técnico: Oscar Tabárez
Arbitragem: Craig Pawson, auxiliado por Steve Child e Ian Hussin (todos da Inglaterra)
Transmissão: TV Globo (narração de Galvão Bueno, comentários de Casagrande, Júnior e Arnaldo Cézar Coelho, reportagens de Tino Marcos e Raphael de Angeli); SporTV, com pré-jogo a partir das 16h30 (narração de Milton Leite, comentários de Muricy Ramalho e Lédio Carmona, reportagens de Mauro Naves); e GloboEsporte.com
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 16h30

Fonte: GE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas