PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Califórnia tem 80 mortos e mais de 900 desaparecidos por incêndios

Agência prevê que as chamas não serão inteiramente contidas antes do dia 30 de novembro. Situação não tem precedentes, diz xerife.



s autoridades da Califórnia confirmaram nesta segunda-feira (19) que 80 pessoas morreram na Califórnia em decorrência de uma série de incêndios florestais que se alastra pelo estado norte-americano desde o início do mês de novembro. O número de desaparecidos é de 993.

Segundo a rede de notícias CNN, o Cal Fire — agência de proteção florestal e de incêndios da Califórnia — prevê que as chamas não serão inteiramente contidas antes do dia 30 de novembro.

"É uma situação sem precedentes", afirmou o xerife do condado de Butte, ao norte do estado. A região é assolada pelo chamado Camp Fire, que destruiu 9.700 casas e devastou uma área equivalente ao tamanho da cidade de Chicago. Até o domingo (18), 65% das chamas haviam sido contidas.

Ao sul da Califórnia, o Woolsey Fire destruiu 500 construções e uma área de 388 km². Cerca de 88% do incêndio já foi controlado.

No sábado (17), o presidente Donald Trump visitou Paradise — uma das cidades mais afetadas — e a região do incêndio Woolsey. Trump culpou a má gestão das florestas pela recente série de incêndios e disse que discutiu o problema com o governador da Califórnia, Jerry Brown, e o governador eleito, Gavin Newsom.

Fonte: R7/ Jornal Águas Lindas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas