PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Novo sistema de regulação de pacientes é apresentado pela Secretaria de Saúde de Goiás

Modelo terá custo mensal de R$ 300 mil e deve dar mais agilidade no encaminhamento para os leitos nos hospitais.





Secretaria Estadual de Saúde (SES) já está utlizando um novo sistema de regulação de pacientes, em Goiás. O modelo deve dar mais agilidade no encaminhamento para os leitos nos hospitais. O custo é de R$ 300 mil por mês.

O sistema será estruturado em uma fila única nos ambientes de urgência e ambulatorial. Segundo a SES, isso dá mais transparência nas informações. O mesmo sistema também pode ser usado pelas prefeituras e sem custo extra. Com isso, haveria ainda mais integração e rapidez ao atendimento.

A coordenação médica do Complexo Regulador da Secretaria Estadual de Saúde informou que o sistema já está sendo implantado, mas que a transição entre o antigo modelo e o adquirido recentemente será gradativa. Assim, não haverá interrupção ou falhas no atendimento.

O novo sistema, que ainda não tem nome definido tem a mesma estrutura tecnológica do software usado há 12 anos no estado de São Paulo. Uma das vantagens, segundo a secretaria, é que ele não sobrecarrega os servidores do órgão, evitando quedas e atrasos.

Fonte: G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas