PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Caso Rafaela - Inocente corre perigo, vítima de Fake News.

Maliciosamente, internautas divulgam imagem de jovem mineira como se a mesma fosse uma das suspeitas do crime e agora ela está sofrendo milhares ameaças de morte. 


De repente a vida da jovem Leidiane Ferreira Soares não seria mais a mesma, passaria a viver um verdadeiro inferno. Moradora da pacata cidade de Arinos -MG, Leidiane foi confundida de uma forma cruel e maliciosa com uma das suspeitas do crime bárbaro, no latrocínio que vitimou a jovem Rafaela Martins Cardoso no último dia 05/03/2019.

E como aconteceu Isso?
Com a conhecida Fake News, que tem destruído milhares de vidas no mundo. Uma mentira divulgada como verdade, que de forma viral se espalha como penas jogadas ao vento em uma tempestade.

Horas depois do crime, vários internautas divulgaram a foto de duas suspeitas que estariam foragidas, uma delas, era realmente uma suspeita e que já foi presa, a outra seria mais uma vítima desse crime, a jovem Leidiane Ferreira. Se não bastasse divulgar a imagem errada, os criminosos virtuais, divulgaram o endereço do perfil da Leidiane no facebook, levando milhares a bombardearem a o perfil da jovem com ameaças.

Desesperada, a Leidiane Ferreira procurou a redação do Jornal Águas Lindas, pedindo ajuda, e prontamente nos colocamos a disposição para esclarecer, procuramos o delegado do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Águas Lindas, Cleber Junio Martins, responsável pela investigação, para apurarmos se as informações passadas pela mesma erá verídica e se ao fazermos uma matéria, iriamos prejudicar o andamento das investigações.

O delegado nos respondeu e confirmou que a mesma estava sendo vítima de Fake News, confira a declaração.



No dia das divulgações das imagens das duas jovens, esse jornalista que vos escreve agora, procurou o comando da polícia militar, informando da situação, do perigo das divulgações de imagens sem provas, e prontamente o Tenente Coronel Dakson Lima emitiu uma nota a toda a imprensa, pedindo prudencia, para que não fosse divulgadas imagens nenhuma.


Estamos vivendo tempos em que as informações na qual postamos na rede,  viajam a uma velocidade incalculável, e que podem ajudar, mas também podem destruir a vida de muitas pessoas.
Não divulguem, não compartilhem notícias, informações sem antes checarem as fontes e se as mesmas são verdadeiras.

A verdadeira suspeita, que se chama Leidiane Oliveira ainda está foragida.

Por Marcos Alexandre 
Jornal Águas Lindas 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas