PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Avião que caiu com Gabriel Diniz não tinha licença para voo comercial

Pertencente ao Aeroclube de Alagoas, a aeronave tinha permissão apenas para instrução




O avião bimotor que transportava o cantor sertanejo Gabriel Diniz e caiu nesta segunda-feira (27/05/2019), em Sergipe, não tinha autorização para realizar voos comerciais, de acordo uma pesquisa no site da Agência Nacional de  Aviação Civil (Anac). A Anac afirmou que enviará uma nota sobre a situação.

A aeronave pertence ao Aeroclube de Alagoas, cujo dono é  Denisson Eduardo De Mello Flores, e tinha autorização apenas para voos de instrução. A reportagem tentou, mas não conseguiu contato com o proprietário.

O Corpo de Bombeiros Militar do estado foi acionado para prestar socorro no povoado do Porto do Mato, na cidade de Estância, onde ocorreu a queda. A assessoria do cantor confirmou que ele estava no voo.


Três corpos foram encontrados próximos ao avião. O Grupamento Tático Aéreo sobrevoa a região. Ainda não se sabe a causa do acidente.

Fonte: Metrópoles 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas