PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Suspeito de cometer estelionato é preso em flagrante

Por volta das 13h30min do dia 17/06/2019, as equipes receberam ligação, via telefone celular funcional, denunciando possível crime de estelionato, onde um indivíduo estaria cobrando por um curso de capacitação para agricultura familiar, porém não havia iniciado o curso na data prevista.






A solicitante apresentou um recibo de pagamento no valor de R$ 200,00 (duzentos reais) feito ao Instituto Amazonas, CNPJ 32.892.540/0001-13, segundo ela, referente a terceira parcela de um total de doze. A vítima informou que desconfiou do indivíduo que ofertou o curso em razão de não ter sido ministrada nenhuma aula até o momento.

O suspeito foi abordado em um veículo VW/Kombi e no interior do veículo havia uma pasta contendo vários contratos, recibos de pagamento, a importância de R$ 200,00 (duzentos reais) em espécie e carimbos do Instituto Amazonas.



Ademais, o sujeito afirmou que a sede do curso está localizada em uma casa no setor Jardim Brasília e que o mesmo só não teve início porque a contratação do instrutor estaria sendo viabilizada. Entretanto, na sede do curso, não há placa de identificação, tampouco funcionários.

Indagado sobre os fatos, o suspeito afirmou que promovia cursos de capacitação em agricultura familiar e apresentou uma procuração da constituinte da Pessoa Jurídica – Instituto Amazonas, conferindo a ele poderes para dar recibos, gerir e administrar em nome da empresa.

Conduzidos à presença do delegado de polícia civil, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato, conforme APF 555/2019.

Responsável pela ocorrência: Sd Aguiar e Sd Tulio.

Apoio: Sgt Eliseu, Sd Italo, Sd Liliane, Sd Rodrigues e Sd Magalhães.

Polícia Militar do Estado de Goiás, você pode confiar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Marcos Alexandre gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas