PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Operação prende mais de 70 suspeitos de feminicídio e agressões contra mulheres em Goiás

A Polícia Civil prendeu até a manhã da ultima quarta-feira (27) 73 homens suspeitos de agressão e homicídios contra mulheres em Goiás. 





As prisões aconteceram durante a Operação Marias, que ocorreu nos últimos três dias, em todo o território nacional. Entre os presos, estão homens condenados por crimes cometidos há dez anos e que estavam foragidos, e também casos de agressões recentes.

O maior número de prisões, conforme balanço apresentado pela Polícia Civil na Escola Superior da Polícia Civil, aconteceu nas cidades de Goiânia, Rio Verde, Formosa e Águas Lindas de Goiás. A operação ainda contou com buscas e apreensões, além de fiscalização de medidas protetivas, em todo o Estado de Goiás.

Durante a apresentação, a delegada Paula Meotti, coordenadora da operação, destacou que em apenas uma das delegacias especializadas no atendimento às mulheres de Goiânia foram registrados mais de 10 mil atendimentos e abertos quase 3 mil inquéritos este ano. “Essa operação dá visibilidade às mulheres que foram vítimas e acabaram não denunciando. Queremos encorajar essas mulheres que, na maior parte das vezes, sofrem caladas. Queremos demonstrar que elas terão segurança, não estão sozinhas”, pontuou.

A coletiva contou com a presença do delegado-geral da Polícia Civil, Odair José Soares; do secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda; e do governador de Goiás e primeira-dama, Ronaldo e Gracinha Caiado.

Fonte: Polícia Civil 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas