PLANTÃO DE NOTÍCIAS

Bolsonaro diz nos EUA que é preciso lutar contra a esquerda

Nos EUA, Bolsonaro disse que o atentado contra ele foi uma tentativa de seus inimigos tentarem pará-lo, mas que isso não foi o suficiente e que ele conseguiu vencer as eleições.



O presidente Jair Bolsonaro disse que é necessário “lutar para que outros países da América do Sul não experimentem a mesma experiência do que nossos irmãos venezuelanos” e defendeu a luta contra a esquerda.

Ele falou na manhã desta segunda-feira (9) no Seminário Empresarial Brasil-Estados Unidos, em Miami.

Todos os políticos, incluindo Bolsonaro, que discursaram no Seminário fizeram menção à situação da Venezuela. Eles disseram ser contra o comunismo e que, por isso, veem a união Brasil e Estados Unidos como um ‘fortalecimento’ contra essa ideologia.

Falando em português, Bolsonaro também resumiu o histórico do seu mandato desde o momento que foi eleito. E disse que o atentado contra ele foi uma tentativa de seus inimigos tentarem pará-lo, mas que isso não foi o suficiente e que ele conseguiu vencer as eleições.

Bolsonaro também exaltou a posição dos ministros de seu governo, ressaltando o ministro da Economia, Paulo Guedes, e disse que todos “estão preparados” e habilitados para ajudar o país a crescer e “entrar nos trilhos”.

Com informações da Nossa Política 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Jornal Águas Lindas gerenciado pela agencia Marck Publicidade Copyright © 2018

Imagens de tema por Bim. Tecnologia do Blogger.
Publicado Por Jornal Águas Lindas